Sintomas de alienação parental: saiba mais

Sintomas de alienação parental: saiba mais

A alienação parental é um transtorno psicológico muito comum atualmente. Ela atinge filhos de casais separados, onde o responsável pela guarda do filho faz…

Por Editorial MDT em 23/05/2013

A alienação parental é um transtorno psicológico muito comum atualmente. Ela atinge filhos de casais separados, onde o responsável pela guarda do filho faz com que a criança passe a ter uma mal relacionamento com o outro responsável. Saiba mais sobre o assunto e veja os sintomas da alienação parental.

A criança começa a sentir raiva do outro genitor. (Foto: divulgação)

Alienação Parental

A Síndrome de Alienação Parental é o termo proposto por Richard Gardner no ano de 1985 para a situação em que a mãe ou o pai de uma criança faz com que os laços afetivos com o outro genitor sejam rompidos, criando sentimentos de ansiedade e medo em relação a ele.

Os principais casos desse problema estão ligados a separação dos pais quando há um impacto muito grande para um dos envolvidos. Quando esse não consegue lidar de forma adequada com a separação, começa a criar um processo de vingança, destruição, desmoralização e descredito ao ex-cônjuge. Nesse processo, a criança é usada como instrumento para agredir diretamente o parceiro.

A alienação parental pode causar problemas psicológicos na criança. (Foto: divulgação)

Veja também como funciona a guarda compartilhada 

Características do alienante

1. Tira o outro genitor da vida dos filhos: não fala sobre fatores importantes ligados a vida dos filhos. Sempre toma as decisões sozinhas e passa seu desagrado ao ver o filho quando está junto com o outro genitor.

2. Interfere nas visitas: controla os horários, organiza atividades para o dia da visita, não permite que a criança esteja com o outro responsável em situações prévias.

3. Fala sobre a relação do filho com o outro genitor: lembra para a criança de forma insistente de fatos que fizeram ela brigar com o outro. Obriga a mesma a escolher entre um ou o outro. Além disso, transforma o pequeno em uma espião da vida do ex-cônjuge.

4. Fala mal sobre o outro genitor: faz comentários ruins sobre o outro genitor. Critica sua competência profissional e emite falsas acusações sobre o mesmo.

Sintomas de alienação parental

A criança apresenta alguns sintomas diante da alienação parenteral:

  • Apresenta sentimento de raiva e ódio contra o genitor alienado;
  • Não aceita visitar, falar ou dar atenção para o outro genitor;
  • Guarda sentimentos e crenças negativas sobre o outro genitor, que muitas vezes são exageradas e inconsequentes.

    A alienação parental é uma situação muito difícil para a criança. (Foto: divulgação)

Veja também como comprovar alienação parental 

A alienação parental é um problema sério que deve ser tratado para evitar que a criança sofra sérios problemas psicológicos, além de interferir no seu relacionamento com o outro genitor. É importante ficar atento para os sintomas que os pequenos apresentam e procurar ajuda, que pode ser jurídica, para resolver a situação.

Top