Síndrome da Visão de Computadores, O Que É? Como Tratar

A síndrome da visão de computadores é um problema que tem afetado milhares de pessoas e causado reações em quem permanece durante horas na…

A síndrome da visão de computadores é um problema que tem afetado milhares de pessoas e causado reações em quem permanece durante horas na frente do PC. O dano está diretamente associado aos hábitos de vida modernos e prejudica os profissionais que dependem do computador para executar atividades.

Quem passa muito tempo diante da tela de um computador tem grandes chances de desenvolver a síndrome em algum momento da vida. Não se trata apenas de um problema visual, mas sim de uma doença que tem sintomas e necessita de tratamento. O uso freqüente do computador resulta em cansaço visual e o esforço acarreta em sintomas típicos.

O primeiro sinal de que a pessoa desenvolveu a síndrome é a fadiga dos olhos, que se sentem incapazes de manter o mesmo desempenho na frente de um computador. A sensação se torna ainda pior quanto a pessoa tem crises de dores de cabeça e uma espécie de queimação nos olhos. A dificuldade para refocar os olhos na tela também é uma reação típica da doença.

Em seu estágio mais avançado, os sintomas da visão de computador são sensação de areia nos olhos, lacrimejamento, aversão a luz, vermelhidão, ressecamento dos olhos, queda das pálpebras e queimação contínua. Outros fatores podem contribuir ainda mais com a manifestação da síndrome, como o ar-condicionado, condições impróprias de iluminação e a postura inadequada diante da tela de um computador.

Também conhecida como CVS (do inglês Computer Vision Syndrome), a doença é uma preocupação no mundo todo. A tensão nos músculos dos olhos é gerada pela dificuldade de focar e refocar. As pessoas que sofrem de reumatismo ou disfunção hormonal correm o risco de sofrer sintomas mais intensos e desenvolver outro problema de saúde.

Leia Também:  Sequelas da meningite: saiba quais são

Apesar de ser um problema preocupante para os oftalmologistas, a síndrome da visão do computador pode ser evitada com alguns cuidados. A cada 50 minutos de permanência na frente de um PC, é necessário descansar os olhos por cinco minutos mudando o foco de distância. Para evitar o esforço excessivo dos olhos, procure iluminar bem o ambiente de trabalho. Os especialistas no assunto também recomendam piscar com mais freqüência para lubrificar os olhos. Procure evitar o esforço visual, isso normalmente acontece quando o monitor é deixado muito acima do nível dos olhos. A tela também precisa ter uma inclinação adequada para não causar cansaço.

O distanciamento do monitor é algo recomendado para evitar o desgaste da visão, por isso deixe a tela com 60cm de distância dos olhos. Quem já tem uma predisposição para sofrer os males da visão de computador deve usar colírio e encontrar as melhores condições de umidificar o ambiente. É recomendado que os usuários de lentes de contato se preocupem ainda mais com a lubrificação dos olhos.

A leitura no computador costuma ser desagradável para quem sofre da síndrome, por isso o uso de óculos especiais é algo recomendado após o diagnóstico. Apesar do seu nome, a doença não se manifesta apenas nas pessoas que passam horas na frente do computador, mas também diante do vídeo-game ou TV. Fazer intervalos para descansar os olhos acaba sendo uma necessidade para todos os casos para reabilitar a visão.

Após identificar os sintomas da CVS é preciso passar por terapia para recuperar a qualidade da visão. O especialista vai recomendar mudanças de hábitos para reduzir a fadiga dos olhos e receitar um colírio em caso de ressecamento. Em alguns casos é comum desenvolver miopia transitória, problema caracterizado pela dificuldade de focalizar objetos distantes.

Leia Também:  Alimentos não indicados para diabéticos

As empresas que dependem de computadores para os serviços devem se preocupar com o arranjo físico para evitar que os funcionários desenvolvam a síndrome. Montar ambientes com umidade e iluminação adequadas também é um fator que contribui com as condições de saúde visual.

Top