Shake para dieta – Preços, onde comprar

Saiba mais sobre os shakes para dietas: como tomá-los, um pouco do cardápio e onde adquirí-los. Confira também alguns preços e marcas. Veja e saiba mais!

Por Redacao em 23/01/2012

Quase todo o mundo já deve ter ouvido falar nos famosos shakes que ajudam as pessoas a emagrecer sem fazer muito sacrifício ou loucuras como ficar sem comer. Até parece mentira, mas não é. Hoje o mercado oferece aos consumidores produtos que ajudam a emagrecer sem prejudicar a saúde. Saiba mais sobre os shakes, onde comprá-los e quais são seus preços. Confira!

Incluir shakes na dieta emagrece (Foto: Divulgação)

Sobre os shakes:

Todos os shakes industrializados (e também os caseiros) devem conter substâncias necessárias para o organismo como proteínas, carboidratos, fibras, sais mineiras, vitaminas e mais alguns que são fundamentais para o corpo. Os shakes precisam de todos esses nutrientes para ser o suficiente para substituir as refeições trocadas por eles. Toda pessoa que for tomar o shake deve substituir no máximo duas refeições por dia, pois se ele é consumido em excesso pode causar alguns problemas à saúde como transtorno intestinal ou deficiência nutricional, por exemplo, por isso é preciso e importante fazer essa troca no tempo que o fabricante (indicado no rótulo) ou a nutricionista determinar.

Os shakes devem substituir, no máximo, duas refeições (Foto: Divulgação)

Como tomar o shake:

Os nutricionistas recomendam tomar o shake no café da manhã, no almoço ou no jantar e substituir um lanche (aquele depois do café da manhã ou o café da tarde). Quando tomar o shake no lugar da refeição principal é importante comer frutas, verduras e pode até tomar uma sopa leve para que o corpo não venha sofrer carências nutricionais. No café da manhã é ideal quando for tomar o shake, comer pão integral e leite desnatado e no almoço e no jantar uma verdura, salada ou a sopa. Para garantir a perda de peso de forma mais acelerada (em um mês pode perder 4kg) a pessoa deve fazer refeições balanceadas e evitar frituras, massas e outros alimentos que tenham muita gordura e caloria. No almoço ou no jantar (quando não beber o shake) coma frango, peixe grelhado e outros.

Além dos shakes, refeições balanceadas são de suma importância (Foto: Divulgação)

Onde comprar e preços: 

Alguns shakes vêm acompanhados de barras de cereais, suplementos vitamínicos e também ensinam passo a passo como ingeri-los e alguns cardápios. Eles são vendidos nos supermercados, sites de vendas e na central de atendimento e site das marcas. Os produtos variam de preço- de R$20,00 aR$ 310,00em média. Confiraalgumas marcas e seus preços:

Shake Leve- R$ 16,00

Femini Shake- Neo Nutri R$ 20,00

Diet Shake- a partir de R$ 20,00

Suprinutri- R$ 40,00

Lean Body – R$ 305,00

Esses preços foram indicados com base em alguns sites de vendas e podem sofrer alterações a qualquer momento.

Top