Saiba quais alimentos não devem ser dados a cães e gatos

Os animais não são como as pessoas, que podem comer praticamente todos os tipos de comidas. Os cães e gatos, principalmente,  têm um estômago…

Por Redacao em 02/01/2012

Os animais não são como as pessoas, que podem comer praticamente todos os tipos de comidas. Os cães e gatos, principalmente,  têm um estômago sensível e qualquer tentativa de variar na alimentação destas espécies pode fazer muito mal ao seu organismo.

Evitar alguns alimentos na refeição do seu bichinho é o ideal para mantê-lo saudável e feliz. Apesar da insistência deles, o certo é não lhes dar petiscos durante as refeições dos donos, pois algumas destas substâncias podem causar mal estar e em casos mais graves até a morte.

Quais alimentos evitar?

Chocolate

No topo da lista vem o chocolate, apesar se ser muito saboroso para os humanos, ele é fatal para os animais. Por causa de uma substância chamada teobromina pode ser fatal para cães e gatos. Esta substância atua como um estimulante, que por causar hiperatividade pode resultar em taquicardia, tremores e convulsões. Além disso, o chocolate pode provocar vômitos, diarréia, falta de ar, sede excessiva e em muitos casos pode levar a morte do animal.

Vale lembrar que a Teobromina não está presente apenas no chocolate e por isso também, se deve evitar produtos como café e álcool. Também é importante destacar que quanto mais amargo for o chocolate maior será a quantidade desta substância, assim como a toxidade depende da quantidade consumida.

Cebola e alho

Já o dano causado pela cebola e o alho se dá por causa da presença de um composto denominado acilina. A substância causa destruição nos glóbulos vermelhos culminando em anemia, dificultando o transporte de oxigênio no sangue. Além disso, a acilina pode causar irritação gastrointestinal, mas, esses efeitos só acontecem quando a ingestão acontece em excesso.

Os gatos são os mais acometidos pela toxidade da cebola e do alho em excesso, por isso evite dar ao animal ou deixar perto de lugares que eles alcancem.

Abacate

No abacate  é encontrada uma substância bastante nociva chamada Persina. Ela fica na polpa da fruta e é responsável por causar vômito, diarréia, lesões gastrointestinais e pode levar até a necrose das fibras do coração. O exagero no consumo do abacate causa muitos danos no organismo de cães e gatos e por isso deve ser evitado.

Ossos

Ao contrário do que muita gente pensa, os cães não devem comer ossos. Os ossos cozidos ao serem mastigados podem lascar e formar pontas que podem causar lacerações na boca e no trato gastrointestinal. Além disso, o consumo do osso pode quebrar dentes, causar infecções bacterianas e até obstruções intestinais.

Leite

O leite materno da cadela nunca deve ser substituído pelo da vaca. O leite canino é o mais adequado para suprir as necessidades dos filhotes, eles estão repletos de gorduras, proteínas, cálcio e fósforo, muito mais do que o leite bovino.

Frituras

Frituras não fazem bem nem para os humanos e nem para os animais, porém neste último as consequências são maiores. Por não estarem acostumados a receber este tipo de alimento, eles tendem a sofrer com vômitos, diarréia, dores abdominais fortes e pancreatite.

Top