Saiba como escapar das pirâmides financeiras

Nos últimos tempos, o assunto ‘pirâmide financeira’ tem se tornado recorrente no Brasil. Entre as empresas que foram punidas, vale destacar o Telexfree, que…

Nos últimos tempos, o assunto ‘pirâmide financeira’ tem se tornado recorrente no Brasil. Entre as empresas que foram punidas, vale destacar o Telexfree, que já contabilizava 1 milhão de pessoas em sua rede.

A Telexfree é um exemplo de pirâmide financeira. (Foto:Divulgação)

Além de bloquear os rendimentos do Telexfree e impedir o cadastro de novos usuários, o Ministério Público também começou a investigar outras empresas suspeitas de trabalhar com o esquema de pirâmide financeira, como é o caso do BBom, Nnex, Multiclick, Priples e Cidiz.

O que é a pirâmide financeira?

A pirâmide financeira é um modelo comercial não sustentável que depende integralmente do recrutamento de pessoas. Nos últimos tempos, a estratégia de ganhar dinheiro tem sido mascarada pelo termo marketing multinível.

O crime de pirâmide financeira no Brasil existe desde a década de 90. A proposta, no entanto, sempre foi a mesma: fazer aplicações financeiras para receber o dinheiro de volta parceladamente e ampliar o faturamento ao recrutar mais pessoas para a rede.

Os associados buscam recrutar mais pessoas para a rede e aumentar os lucros. (Foto:Divulgação)

A pirâmide financeira é uma estrutura de negócio que usa a venda de um produto ou serviço como fachada. Os associados são remunerados sem levar em conta a realidade das vendas, o que acaba comprometendo a sustentabilidade dos lucros.

O primeiro caso de pirâmide financeira foi liderado pelo italiano Charles Ponzi em 1920. Em um negócio de compra e venda de selos, ele prometia retorno de 100% do investimento em até 90 dias. No entanto, os ganhos dos investidores antigos eram custeados pelos novos.

Como escapar das pirâmides financeiras?

Confira a seguir dicas para não cair em roubadas e acabar tendo prejuízos com as pirâmides financeiras.

Leia Também:  Fabrica Di Chocolate Franquia

• Não acredite nesta história de ganhar dinheiro fácil. É importante sempre desconfiar de qualquer negócio que prometa altos rendimentos em pouco tempo e sem grandes esforços.

• Antes de fazer um investimento, é fundamental se informar sobre a índole da empresa. Quando se trata de um esquema de pirâmide, nem sempre é sustentável conversar com um membro, pois o interesse dele é atrair mais pessoas para aumentar o próprio faturamento.

Pirâmide Financeira promete dinheiro fácil e rápido. (Foto:Divulgação)

• Verifique se há uma regulamentação específica para a atividade realizada pela empresa.

• Visite os sites de reclamações para avaliar o nível de satisfação dos associados.

• Ao investir em um negócio não regulamentado, é importante guardar todos os e-mails, contratos e recibos. Estes itens podem ser usados como provas para recorrer à Justiça.

• A pirâmide financeira é uma roubada porque é considerada criminosa, de acordo com a lei 1.521/51. O Ministério Público pode descobrir o esquema fraudulento a qualquer momento e bloquear os bens da empresa, resultando assim em prejuízos para os investidores.

Top