Proteína em pó, como incluir na dieta

Atualmente não existe dúvida de que as formulações de proteína em pó são excelentes opções para as mulheres que desejam conquistar um corpo perfeito,…

Atualmente não existe dúvida de que as formulações de proteína em pó são excelentes opções para as mulheres que desejam conquistar um corpo perfeito, com musculatura bem trabalhada e livre de gordurinhas. Esses suplementos são bem fáceis de serem transportados e preparados e garantem resultados surpreendentes. Aprenda como incluir a proteína em pó na dieta.

Saiba como consumir a proteína em pó para emagrecer.

As proteínas em pó ajudam na conquista de um corpo perfeito. (Foto: divulgação)

Indicações de uso

Atualmente é possível encontrar no mercado uma série de produtos capazes de oferecer excelentes fontes de proteína, que é o principal nutriente responsável pela reconstrução das fibras musculares. O uso desses produtos é essencial para as mulheres que malham pelo menos uma hora por dia, mas também é indicado para aquelas que desejam perder peso sem destruir a massa muscular adquirida. Esses produtos também podem ser usados por quem faz dieta, já que podem substituir uma das refeições diárias.

Tipos de proteína em pó

É possível encontrar diversos tipos de vitamina em pó à venda. É importante lembrar que o uso excessivo de um único tipo de suplemente significa desperdiçar o produto, pois o organismo, além de ficar sobrecarregado, é incapaz de utilizar mais do que 40 gramas de um mesmo tipo de proteína. Por isso uma boa dica é misturar vários suplementos, com tipos diferentes desse nutriente:

  1. Proteína em pó de carne bovina;
  2. Proteína em pó à base de vegetais (com adição de lactobacilos);
  3. Proteína em pó do ovo (albumina);
  4. Proteína em pó de arroz;
  5. Proteína em pó de soja;
  6. Proteína em pó de glúten;
  7. Proteína em pó do soro do leite (whey protein);
  8. Proteína em pó da massa do leite (caseinato de cálcio).

A preparação de shakes com proteína em pó é prática e pode substituir uma refeição diária. (Foto: divulgação)

Como incluir na dieta

Para acertar na escolha do produto é possível seguir algumas dicas:

Leia Também:  Marcas que possuem maquiagem hipoalergênica

1.       Definir o objetivo do uso

O primeiro passo para incluir a proteína em pó na dieta é determinar o objetivo do uso desse suplemente alimentar. Pessoas que desejam utilizar o produto logo após o treino de musculação, para ajudar a ganhar massa magra, devem optar por aquelas que são rapidamente absorvidas, como a proteína isolada do soro do leite.

Indivíduos que desejam apenas substituir uma das refeições para perder peso ou porque não possuem tempo de preparar o almoço ou fazer um lanche no meio da tarde devem dar preferência por produtos como a caseína, que demora mais tempo para ser digerida e é mais eficiente em promover a saciedade.

2.       Com o que você pretende misturar?

O segundo item a ser considerado é com o que a proteína em pó será misturada. Alguns produtos podem ser misturados em líquidos como água, leite e suco, enquanto outros podem ser utilizados em receitas, no preparo dos alimentos.

3.       Definir o orçamento

Existe proteína em pó de alta qualidade disponível numa extensa faixa de preços, e esse é um ponto importante a ser considerado. Geralmente o melhor custo-benefício é encontrado nos produtos a granel.

Saiba quais são os alimentos permitidos e proibidos na dieta da proteína.

A proteína em pó pode ser incluída na dieta de várias formas. (Foto: divulgação)

Cada uma das formulações apresenta uma dose diária recomendada, que deve ser respeitada para evitar problemas de saúde. Em caso de dúvida, o mais recomendado é deixar de recorrer à informação de amigos e procurar auxílio profissional de um nutricionista.

Top