Previna-se da micose nessas férias

Finalmente, férias! O final do ano é o período em que muitos poupam alguns dias para um merecido repouso, recarregando assim as energias para…

Por Editorial MDT em 26/12/2011

Finalmente, férias! O final do ano é o período em que muitos poupam alguns dias para um merecido repouso, recarregando assim as energias para enfrentar os desafios do ano seguinte. Nesses dias, é natural as pessoas aproveitarem o sol à beira da piscina ou a beira do mar, porém, para que uma infecção como a micose não atrapalhe as horas vagas, é necessário tomar alguns cuidados.

Marcada por transformações na pele como pequenas bolhas de água, rachaduras, além de coceira e ardência, a micose costuma ser incômoda e resistente.

Geralmente essa infecção pode ser diagnosticada apenas pela aparência das lesões, a partir de um exame clínico feito por um especialista, porém o profissional pode pedir exames para descobrir qual a espécie da enfermidade a atingir a parte do corpo.

No entanto, algumas ações podem afastar o risco de infecção. “É preciso redobrar os cuidados ao utilizar vestiários públicos em clubes, evitar andar descalço na praia ou à beira da piscina, optar pelo uso de roupas mais leves e secar cuidadosamente dobras do corpo e os pés”, afirma o médico Luiz Guilherme Martins Castro.

Nas férias de verão, também é normal que as pessoas usem vestimentas que deixam o corpo mais exposto e aproveitem as ocasiões de descanso para se bronzear. É exatamente quando a pele está mais queimada que a Pitiríase Versicolor conhecida popularmente como ‘Pano Branco’ fica mais aparente já que as manchas se destacam pelo corpo, originando ainda uma descamação fina e branca.

A mistura do calor do sol e a umidade originada pelo suor também facilita a reprodução dos fungos geradores da micose que atingem  qualquer região do corpo. Esses fungos podem ser encontrados em qualquer lugar, coisa ou objeto.

Por isso, evite emprestar roupas e itens de manicure. Porém, se vier a apresentar os sintomas, o tratamento desta enfermidade pode ser feito com a ajuda de medicamentos, sendo aplicado diretamente na região afetada.

Férias sem estresse

Confira a seguir algumas dicas de especialistas para que a doença não atrapalhe seus dias de lazer.

1. Não interrompa o tratamento antes do tempo estimado. Pois, desse modo, é possível evitar que a doença periódica, característica de uma infecção que retorna ao mesmo lugar por não ter siso tratada corretamente;

2. Use sempre sapatos abertos ao caminhar em lugares compartilhados;

3. Não divida itens pessoais;

4. Seque bem o corpo depois da ducha, sobretudo entre os dedos e as dobras em geral;

5. Evite vestimentas sintéticas, pois a transpiração misturada com o calor gerado pelo tecido, pode favorecer o aparecimento da doença.

Top