Poupança: benefícios, rendimentos, por que aplicar

Investir na poupança, em ações, fundos de renda fixa, previdência privada ou apostar em outro tipo de investimento? Essa é a pergunta feita por…

Investir na poupança, em ações, fundos de renda fixa, previdência privada ou apostar em outro tipo de investimento? Essa é a pergunta feita por milhares de brasileiros que estão em busca de opções para aplicar o seu dinheiro com segurança e ter um bom retorno.

A poupança é o investimento preferido da maioria dos brasileiros, conforme apontam as pesquisas (Foto: Divulgação)

Mesmo com as mudanças pelas quais passou no primeiro semestre de 2012, a caderneta de poupança ainda continua sendo o investimento preferido dos brasileiros, conforme mostraram diversas pesquisas divulgadas no final do ano passado, além de ter batido o recorde de captação.

Seja por tradição, receio de perder dinheiro, precaução ou mesmo por desconhecimento de outras formas de investimento, a poupança ainda faz um grande sucesso e se você está pensando em ir até o banco e abrir uma poupança, para depositar aquela sobra do salário, saiba um pouco mais sobre essa modalidade de investimento.

Entenda melhor: Conheça as novas regras para a poupança

Benefícios da poupança

Ao contrário de outras aplicações, os recursos da poupança podem ser sacados a qualquer momento (Foto: Divulgação)

Um dos maiores benefícios da poupança é o fato de os valores investidos contarem com a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), no limite de até R$ 70.000,00 por CPF, ou seja, caso o banco em que você está investindo venha a falir, o seu dinheiro não estará perdido, desde que a sua aplicação não ultrapasse o teto citado.

Além disso, ela é isenta do Imposto de Renda e possui alta liquidez, permitindo que os recursos investidos sejam retirados a qualquer momento, para serem usados em casos de emergência, por exemplo, o que também a torna ideal para quem pretende investir a curto prazo.

Continuar Lendo  Orientações para investir numa franquia

Leia também: Poupança continua atrativa mesmo com novas regras de rendimento

Rendimentos da Poupança

Em maio de 2012, a remuneração da poupança passou por algumas mudanças (Foto: Divulgação)

Para os depósitos feitos na poupança antes do dia 4 de maio de 2012, ainda vale a regra antiga, ou seja, o rendimento da poupança é de 6,17% ao ano mais a variação da TR. Já a remuneração para os depósitos realizados a partir dessa data passou a ser de 70% sobre o valor da taxa Selic, desde que a taxa básica de juros seja igual ou inferior a 8,5% ao ano.

Se a Selic ultrapassar os 8,5%, fica valendo o rendimento de 6,17% ao ano + a TR, como na regra antiga, até que os juros voltem a cair.

Motivos para aplicar na poupança

A poupança é o investimento mais seguro e fácil de ser feito, além de não ter taxa de administração (Foto: Divulgação)

– É o investimento mais seguro para quem não tem conhecimentos sobre o mercado financeiro e também para as pessoas mais conservadoras;

– Não tem taxa de administração, cobrada em outros tipos de investimento;

– Facilidade de abertura desse tipo de conta;

– Não há valores mínimos para os depósitos nem obrigação de depósito mensal;

– Pode ser o pontapé inicial para você aprender a investir e partir para aplicações mais rentáveis.

Top