Pesquisa aponta que trabalho engorda e faz mal à saúde

Pesquisa aponta que trabalho engorda e faz mal à saúde

Pesquisa aponta que trabalho engorda e faz mal à saúde. Segundo uma pesquisa realizada pela Fundação Britânica do Coração, 40% das pessoas que trabalham…

Por Élida Santos em 26/03/2015

Pesquisa aponta que trabalho engorda e faz mal à saúde. Segundo uma pesquisa realizada pela Fundação Britânica do Coração, 40% das pessoas que trabalham que forma entrevistados sentem que o emprego tem causado um impacto negativo na sua saúde tendo males visíveis nos últimos cinco anos. Um desses males inevitáveis leva você a uma má alimentação, excesso de uso de cigarro, álcool e até sedentarismo. As informações são do jornal Daily Mail.

Pesquisa aponta que trabalho engorda e faz mal à saúde (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre: Dormir pouco engorda

Pesquisa aponta que trabalho engorda e faz mal à saúde

Pesquisa aponta que trabalho engorda e faz mal à saúde em vários aspectos. As pessoas precisam simplesmente entender que trabalham para viver e não que vivem para trabalhar. Passamos cerca de 8 horas do nosso dia no ambiente de trabalho, por isso, ele precisa ser mais prazeroso para não ter consequências ruins.

Consumo de alimentos de forma errada (Foto: Divulgação)

É culpa do emprego!

De acordo com o estudo, mais da metade das pessoas entrevistadas pela pesquisa sente que está estressada por causa do ambiente de trabalho, da pressão que sofre e por conta dos elementos que compõem o seu dia a dia no ambiente de trabalho. Não bastasse, mais de um terço culpa o emprego pelos quilinhos a mais e quase metade dessas pessoas também afirmou que se alimentam mal por causa do trabalho.

Veja mais informações sobre: Entenda porque o mau humor engorda

 

Trabalhar pode te levar a ficar acima do peso (Foto: Divulgação)

O trabalho acaba com a vontade de ir à academia

Depois de uma jornada de trabalho exaustiva é comum que as pessoas deixem de lado a academia, pelo menos para 43% dos participantes dessa pesquisa. Cerca de um quarto dos entrevistados afirmaram que o trabalho os levou a beber mais álcool, enquanto um em cada 10 trabalhadores considera que o excesso de trabalho gerou o consumo de cigarros.

Consumo de alimentos em excesso no trabalho (Foto: Divulgação)

Horas extra sem remuneração

De acordo com a pesquisa, 60% dos trabalhadores regularmente fazem horas extras não remuneradas, e quase dois a cada 10 pessoas fazem mais de cinco horas extras por semana. E vendo que estão caminhando para um local perigoso, 29% das pessoas entrevistadas temem que possa causar pressão arterial elevada e 21% das pessoas ficam preocupadas com um possível ataque cardíaco ou outro problema do coração por causa do estresse e péssimos hábitos que possuem por causa do trabalho.

Top