Países com mais fraudes envolvendo cartões de crédito

Não são poucos os crimes de fraudes envolvendo cartões de crédito, no mundo todo. A cada ano, aumentam a ação dos criminosos e o…

Não são poucos os crimes de fraudes envolvendo cartões de crédito, no mundo todo. A cada ano, aumentam a ação dos criminosos e o prejuízo aos consumidores e às instituições de crédito. A clonagem de cartões é o tipo de golpe mais comum. No entanto, as maiores ocorrências se dão com cartões não presentes, ou seja, a ação efetiva de maliciosos se dá, mais frequentemente, em transações pela internet ou pelo telefone.

O fornecimento de dados em ambiente virtual pode abrir caminho para os criminosos (Foto: Divulgação)

Com o ritmo de vida e devido à conveniência, muitas pessoas optam por compras ou outras transações online. No entanto, ainda é grande o número de usuários que não se familiarizaram com os procedimentos e com mecanismos de segurança. Com isso, acabam fornecendo dados, em ambiente virtual, que podem ser utilizados pelos criminosos. Por outro lado, o cartão de crédito presente, ou seja, o objeto de plástico, físico, diminui as chances de golpe. Isso acontece na maioria dos casos de clientes que possuem cartões com chip. Contudo, não são todas as instituições que já implantaram este tipo de sistema aos seus clientes. A mudança requer um gasto muito alto e, por isso, muitas empresas ainda não se adaptaram.

Os países com mais fraudes com cartões de crédito

México e Estados Unidos lideram o ranking de golpes com cartões de crédito (Foto: Divulgação)

A ACI Worldwide acaba de anunciar os resultados de uma pesquisa em relação aos golpes de cartões de crédito, nos principais países do mundo. Este estudo, feito em parceria com o Aite Group, teve sua terceira edição de pesquisas sobre fraudes e cartões, feita por meio da avaliação do comportamento de consumidores de 17 países. O levantamento foi feito nos meses de julho e agosto de 2012 e entrevistou 5223 pessoas.

Leia Também:  MUNDO das TRIBOS registra recorde de audiência

Considerando as fraldes com todos os tipos de cartão, o Brasil figura na sétima posição, com 33% de usuários que disseram já ter sido vítimas de algum tipo de golpe. Já em relação aos cartões de créditos, nosso país ocupa a 5ª posição, com 30% dos entrevistados alegando terem passado por isso.

México e Estados Unidos são os países que lideram o ranking de fraudes com cartões. Respectivamente, 44% e 42% afirmaram ter sofrido golpes. Já a Suécia e a Holanda são os países com menores índices de fraudes.

Como prevenir fraudes envolvendo cartões de crédito

O cartão presencial com chip diminui as chances de efetivação das fraudes (Foto: Divulgação)

O maior índice de fraudes envolvendo cartões de crédito se dá em transações pela internet e telefone. Em primeiro lugar, é preciso estar atento ao site utilizado para compras. Deve-se fornecer dados apenas a empresas de confiança, já consagradas, no comércio online. Outro cuidado que se deve ter é com e-mails falsos, que induzem o usuário a entrar em outro ambiente virtual por meio de anúncios de promoções e outras facilidades. Ao fornecer dados, os criminosos os usam para aplicar golpes.

Ainda é mais garantido fazer compras presenciais, bem como optar por empresas que forneçam cartões de crédito com chips.

Saiba como se proteger: Como proteger o computador de roubos e danos

Confira os cuidados com cartões: Cartões bancários: cuidados ao usar

Top