Ouvido: cuidados ao limpar

Todo mundo tem uma caixinha de cotonetes no banheiro. Alguns têm o hábito de limpar os ouvidos, diariamente, antes ou após o banho, com…

Todo mundo tem uma caixinha de cotonetes no banheiro. Alguns têm o hábito de limpar os ouvidos, diariamente, antes ou após o banho, com estas hastes de algodão. Outros esperam alguns dias, removendo a sujeira quando esta parece acumulada. Cutuca-se aqui, cutuca-se ali e a limpeza do ouvido com cotonete chega a ser algo até prazeroso. Quando se constata que uma grande quantia de cera foi retirada, sente-se um alívio, pois a limpeza correta foi feita, certo? Errado.

Os ouvidos são muito sensíveis e até uma limpeza inadequada pode prejudicá-los (Foto: Divulgação)

Por que o ouvido produz cera

Os ouvidos são compostos, basicamente, por três partes: ouvido interno, ouvido médio e ouvido externo. Pouco antes da porção média, localiza-se o tímpano. A parte anterior ao tímpano é o canal do ouvido, que chega até a parte externa dele. É neste local onde a cera (ou cerume) é produzida. Ela serve para proteger o canal auditivo e, principalmente, o tímpano e tudo que vier depois dele. A oleosidade da cera repele a água. Outras sujeiras, como micro-organismos, partículas de poeira e areia são retidos nesta cera, que evita que eles atinjam o interior do ouvido, causando inflamações e outros danos. Limpar a cera do ouvido pode prejudicá-lo, deixando-o exposto a tais agentes prejudiciais.

A cera se acumula, é verdade, mas o próprio ouvido se encarregará de expeli-la, no momento certo. As pessoas sentem nojo, ao verem orelhas com sinais de cera. Na realidade, deixá-las ali seria o ideal, pois o ouvido estaria protegido.

Anatomia do ouvido (Foto: Divulgação)

Como limpar o ouvido

A forma mais comum de limpeza do ouvido é com cotonetes, os quais as pessoas têm dificuldades em abandonar. Entretanto, eles empurram a cera para mais perto do tímpano. Na tentativa de limpeza, muitas pessoas ainda o ferem, pois ele tem uma membrana muito frágil. Isso faz com que haja um acúmulo de cera no tímpano, prejudicando a audição. O correto é esperar que o excesso seja expelido pelo canal auditivo, mas isso não é o que as pessoas gostam de fazer.

Deve-se evitar o cotonete (Foto: Divulgação)

Já que ninguém quer esperar uma bola de cera pular dos ouvidos, o mais indicado é limpá-los, após o banho, com uma toalha. Ao secar os cabelos, vire a cabeça para os lados e coloque um pedaço da toalha no dedo, limpando o canal auditivo. Isso deve ser feito até onde o dedo alcançar, apenas, tomando o cuidado de não forçar demais a limpeza. Quanto mais fina for a toalha, melhor será. Por outro lado, se houver muita cera acumulada no ouvido e, caso ela não saia, a pessoa poderá sentir desconforto e falta de audição. Então, é importante procurar um médico para verificar porque o material se acumulou, bem como para fazer uma lavagem adequada.

Continuar Lendo  Piscinas naturais do Nordeste: roteiro

Está com zumbido? Leia: Zumbido no ouvido: o que fazer

Saiba como proceder: Saiba o que fazer quando entra água no ouvido

Top