Os riscos da depilação dos pelos pubianos

Você tem o costume de realizar a depilação dos pelos pubianos? Então saiba que esse hábito pode oferecer risco para a saúde de homens…

Você tem o costume de realizar a depilação dos pelos pubianos? Então saiba que esse hábito pode oferecer risco para a saúde de homens e mulheres. Leia a matéria para conhecer mais detalhes sobre as ameaças.

Depilar os pelo pubianos pode ser arriscado. (Foto Ilustrativa)

Depilar os pelo pubianos pode ser arriscado. (Foto Ilustrativa)

O hábito de depilar os pelos pubianos é motivado tanto pela estética como pela higiene. Pelo menos foi isso o que revelou um estudo realizado recentemente nos Estados Unidos e publicado na revista Dermatology.

Depois de realizar uma pesquisa com 3.316 mulheres, a Associação Americana de Medicina descobriu que 62% das entrevistadas já removeu todos os pelos da região íntima pelo menos uma vez na vida. Mas será que esse tipo de depilação é realmente saudável?

A depilação pubiana é saudável ou não?

Alguns especialistas acreditam que a depilação dos pelos pubiano é um procedimento saudável, afinal, reduz o risco da mulher contrair piolhos no órgão genital. Já outros acreditam que depilar toda a área íntima pode ser uma atitude perigosa, principalmente quando não há cuidados com a higiene e escolha do método depilatório.

De acordo com alguns médicos, a depilação total da área genital eleva o risco de lesões. O uso da lâmina nessa parte do corpo, por exemplo, pode desencadear cortes e até mesmo infecções.

Os riscos da depilação dos pelos pubianos

A maior parte das mulheres depila a região íntima. (Foto: Divulgação)

A maior parte das mulheres depila a região íntima. (Foto: Divulgação)

Alguns estudiosos já analisam os ricos da depilação do púbis, como é o caso de Andrea L. DeMaria, da Universidade do Texas. Sua pesquisa consistiu em entrevistar 33 mulheres, que depilaram a área íntima pelo menos uma vez na vida.

O resultado do estudo estampou as páginas da revista American Journal of Obstetrics and Gynecology. Ele revelou que 60% das mulheres que depilam a região pubiana já apresentaram algum problema na região íntima, principalmente por causa de pelos encravados e ferimentos. Desse percentual, apenas 4% procurou médico.

Continuar Lendo  Aprenda Como Cuidar Da Sua Boca

De acordo com Andrea L. DeMaria, a gravidade dos folículos abertos e dos cortes se torna maior quando se trata da região genital. Isso porque essa área do corpo é úmida, por isso aumenta o risco de infecções causadas por bactérias e vírus. Sem falar que a probabilidade de contrair DSTs (doenças sexualmente transmissíveis) aumenta consideravelmente.

Usar lâmina aumenta o risco de corte e infecções. (Foto: Divulgação)

Usar lâmina aumenta o risco de corte e infecções. (Foto Ilustrativa)

Cuidados ao depilar os pelos pubianos

Para depilar os pelos pubianos sem riscos, é necessário adotar alguns cuidados básicos. Os médicos recomendam fazer a depilação íntima depois de tomar banho, pois esse é o momento em que os folículos estão mais suaves. Outra dica importante é não compartilhar lâminas e raspar sempre na direção dos pelos.

Caso apareça alguma lesão de pele após a depilação dos pelos pubianos, a pessoa deve procurar um médico. Dessa forma, é possível evitar complicações futuras.

 

Top