Opções de financiamento estudantil

Opções de financiamento estudantil – Para concluir o sonho de ter o Ensino Superior completo, muitos universitários que não possuem condições financeiras de arcar com os gastos da faculdade recorrem ao financiamento estudantil. O FIES é o mais conhecido entre todos os meios de se conquistar um crédito educacional. A prioridade do programa é auxiliar as pessoas que não têm condições de arcar com os custos de sua formação e estejam regularmente matriculados em instituições não gratuitas, cadastradas no Programa e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação (MEC).

O FIES é uma das opções de financiamento estudantil (Foto: Divulgação)

Opções de financiamento estudantil

Criado em 1999 para substituir o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC), o FIES já beneficiou mais de 560 mil alunos, com uma aplicação de recursos da ordem de R$ 6,0 bilhões entre contratações e renovações semestrais dos financiamentos. Desde 2005, o FIES passou a conceder financiamento também aos bolsistas parciais, beneficiados com bolsa de 50% do Prouni (Programa Universidade para Todos). Somente para os bolsistas do Prouni já foram concedidas mais de 9,2 mil em benefício estudantil.

Alguns bancos financiam o estudo de universitários (Foto: Divulgação)

A prioridade do FIES são as graduações, porém, depois de atender a essas solicitações e se houver disponibilidade de recursos, através da autorização do Agente Operador do Programa, o FNDE, o programa poderá financiar também cursos de Mestrado e Doutorado e cursos técnicos de nível médio.

As inscrições para o FIES são realizadas, exclusivamente, pela internet, por meio do Portal do Ministério da Educação: www.mec.gov.br, em data a ser divulgada pelo MEC. Os estudantes devem se informar junta a secretaria acadêmica de cada instituição de ensino qual documentação deverá apresentar para concorrer ao crédito estudantil. Para mais informações sobre o FIES acesse o site do programa.

Os bancos também oferecem a possibilidade de um empréstimo voltado para quem quer concluir a faculdade. Cada instituição financeira possui uma tabela de taxa de juros e cabe ao universitário pesquisar a que melhor atende as suas necessidades. A maior parte dos créditos estudantis começam a ser pagos depois da conclusão do curso superior. O FIES segue essa regra.

A PRAVALER Crédito Universitário oferece um plano de contrato simples e rápido para os interessados. São mais de 200 faculdades parceiras do programa que ajuda milhares de estudantes a conquistarem a tão sonhada vaga na faculdade. Através do site, que poderá ser acessado no link http://www.creditouniversitario.com.br/, você encontra a lista de faculdades parceiras e também um simulador de financiamento.

Instituições Financeiras – Crédito Universitário

Um dos bancos que parcipita dessa ‘ajuda’ financeira ao estudante é o Itau Unibanco. Com uma taxa média de 7% a 8% ao ano, sem carência, o estudante pagará a metade do valor para o banco, até a conclusão do curso e após a conclusão continuará o pagamento das parcelas, esse é o programa Crédito Universitário Itaú.

Outro banco que também aderiu a essa contribuição com os estudantes de nível superior foi o Bradesco. O Crédito Universitário do Bradesco oferece 12 meses para que o aluno pague um semestre, através do débito automático em conta-corrente. O pagamento da primeira parcela será 30 dias após a contratação do serviço. Qualquer correntista da instituição, acima de 18 anos, poderá solicitar. Caso seja menor de idade, o aluno poderá solicitar a seu responsável legal, que tenha comprovante de renda, para que faça o financiamento do bradesco para universitários.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

2 Comments - Add Comment

Reply