Como cancelar o FIES – Passo a passo do cancelamento do contrato

Quem já é beneficiário do programa Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) pode a qualquer momento, solicitar o cancelamento do contrato pelo site oficial do SisFIES. Após a realização do processo online há um período de 15 dias para ser formalizado e computador a retirada do estudante do empréstimo, o que significa que o cancelamento deve acontecer entre o dia 1 a 15 do mês.

Abaixo confira o passo a passo de como solicitar o cancelamento do contrato e quais são as restrições e deveres do beneficiário.

Cancelamento do Contrato Fies – Passo a Passo

  1. Acesse o site do SisFIES;
  2. Faça o login informando o seu CPF e senha;

    Portal SisFIES. (Foto:Divulgação)

  3. Procure no canto da tela pela opção “aditamento disponíveis”;
  4. Clique em “encerramento”;
  5. Aparecerá todas as informações de financiamento até então e o período, semestre ou parcelas devedoras;
  6. Clique em “Confirmar”.

Imprima o comprovante de cancelamento e vá até a instituição financeira para formalizar o cancelamento do seu contrato do FIES. Para que esteja completamente fora do programa será preciso quitar o saldo devedor do financiamento, acelerando a entrada no processo de amortização da dívida, a fase de carência ou permanecer na fase de utilização. Veja abaixo como funciona cada uma das modalidades de cancelamento:

Quitação da dívida: o FIES é um empréstimo estudantil. De acordo com o regulamento, há um período de até 18 meses de carência após formado para conseguir pagar os valores. Cada contrato rege um juro específico e valor de acordo com a mensalidade do curso frequentado em universidades particulares. Após o cancelamento, pode-se quitar completamente a dívida,  o que implicará no total encerramento do contrato.

Manter-se na fase de utilização: quem quer continuar o curso sem o programa de financiamento, mas deseja quitar as dívidas aos poucos antes do período pré-determinado, pode manter a fase de carência e não cancelar o financiamento, mas sim pagar as parcelas que seriam cobradas somente ao final do curso.

Antecipar a fase de carência: após o cancelamento do contrato, pode-se pagar as parcelas trimestrais no mês seguinte. Para isso será preciso ir até a instituição financeira para assinar o termo de encerramento. Num prazo de até 18 meses o beneficiário poderá iniciar o pagamento das parcelas devidas.

Antecipar a fase de amortização: Exclui-se a o tempo de carência e parte para o financiamento da dívida. O programa permite que o pagamento aconteça num tempo de até 3 vezes superior ao período utilizado pelo estudante. Portanto, caso tenha ficado um ano estudando e utilizando o financiamento. Poderá quitar a sua dívida em até três anos.

Após o cancelamento do contrato

Se o próprio aluno for o solicitante, a amortização do financiamento pode ter início no primeiro mês depois do encerramento ou ser feita posteriormente, desde que se leve em consideração os seis meses de carência até se iniciar a amortização.

Deve-se levar em conta que se o contrato for encerrado, independente do motivo, o aluno não poderá mais solicitar o financiamento de mais semestres e ficará impedido de tentar outro financiamento estudantil do Ministério da Educação.

Após o cancelamento, o matriculado também deverá dar baixa na própria universidade realizando o trancamento da matrícula. Caso isso não seja feito, ficará sujeito a cobrança da próxima mensalidade.

Meu fies foi cancelado, porquê?

O financiamento FIES pode ser encerrado por outros motivos, se o estudante der informações falsas à Comissão do FIES em sua instituição de ensino ou à Caixa, ou ainda apresentar documentos falsos, por exemplo. É preciso também que o estudante obtenha aproveitamento acadêmico, de pelo menos, 75% das disciplinas cursadas no último período letivo financiado.

Quem decidir mudar de curso depois de 18 meses de ingresso no programa, também perde o direito a manter o financiamento, bem como aqueles que alterarem o curso mais de uma vez, durante o prazo de contrato. Se for solicitado um novo fiador, o aluno também precisa apresentá-lo cumprindo os prazos passados pelo MEC para que o FIES não seja encerrado.

Suspensão do financiamento

Para quem quer somente parar de pagar as parcelas por trancar a universidade, mas deseja manter a utilização após um período poderá fazer a suspensão do financiamento ao invés do cancelamento. Neste caso, é uma maneira mais simples de continuar a graduação com um período de interrupção, sem perder o direito ao benefício de estudar numa universidade particular via empréstimo bancário garantido pelo Ministério da Educação.

A suspensão poderá ser solicitada também via o site do SISfies.

39 Comments - Add Comment

Reply