Oleosidade da pele: como controlar

Difícil é a vida de quem tem pele oleosa. Não importa onde se está, nem o que se está fazendo, a cútis insiste em liberar óleo, o tempo todo, comprometendo muito a beleza do rosto. O excesso de sebo da pele é algo que deixa as pessoas muito desconfortáveis; e nesta época do ano, o problema fica ainda pior. Veja algumas dicas interessantes, que ajudam a controlar a oleosidade da pele.

A limpeza da pele oleosa não pode ser exagerada (Foto: Divulgação)

Hábitos que controlam a oleosidade

O hábito de higienizar a pele do rosto, diariamente, é o primeiro e mais importante. No entanto, engana-se quem acredita que lavar a pele, várias vezes ao dia, é algo que ajuda a evitar a oleosidade. Fazê-lo poderá causar alívio imediato, porém irá piorar o problema. Quanto mais se lava o rosto, mais as glândulas sebáceas trabalham, produzindo mais óleo. Isso acontece porque elas “entendem” que a limpeza está removendo a sua proteção natural e acabam produzindo mais sebo, para recompensar. O mesmo acontece quando se usa sabonete em excesso. A limpeza exagerada fará com que a pele produza mais óleo. É o famoso efeito rebote.

O correto é limpar a pele oleosa duas vezes ao dia: de manhã e à noite. Isso deve ser feito com espumas de limpeza ou sabonetes próprios para pele oleosa. Loções adstringentes também são as ideais.

No verão, a oleosidade piora (Foto: Divulgação)

Deixar de hidratar a pele oleosa também pode ser um erro. Quando a pele é bem cuidada, fica em equilíbrio, mesmo com excesso de óleo. Sem hidratação, as glândulas sebáceas também poderão trabalhar mais. Vale apostar em cremes hidratantes e antirrugas próprios para pele com oleosidade. O mesmo vale para o protetor solar, que não deve ser dispensado. Em geral, os produtos adequados são em gel ou sérum.

É importante que a pessoa saiba que quanto mais estimular a pele, mais oleosa ela ficará. Portanto, ao aplicar a maquiagem, prefira usar pincéis, pois o atrito dos dedos poderá estimular as glândulas de sebo.

Outras dicas para controlar oleosidade

Água muito quente piora o problema (Foto: Divulgação)

– Água quente demais é um veneno para pele oleosa. É indicado usar água fria ou morna, nos banhos ou na limpeza facial;

– lenços umedecidos causam alívio imediato, mas podem piorar a oleosidade. Prefira limpar a pele com uma loção adstringente e lenços de papel ou algodão;

– evite ficar com os cabelos sobre a testa. A franja, por exemplo, pode piorar o problema, pois irá transportar o óleo dos cabelos para a pele. Além disso, ela dificulta a respiração da cútis. Se tiver franja, prenda-a com presilhas ou use tiaras, sempre que puder;

– sempre que ficar em ambientes com ar condicionado, hidrate-se com mais intensidade, bebendo muita água ou sucos naturais. O aparelho resseca a pele e isso estimula a produção de óleo;

– finalmente, evite alimentos gordurosos, tanto salgados quando doces, pois eles também pioram o problema da oleosidade.

Reply