Mitos e verdades sobre clareamento dental

Cada vez mais acessível, o clareamento dental é um tratamento muito utilizado pelas pessoas que desejam tornar os dentes mais brancos, principalmente aquelas que…

Cada vez mais acessível, o clareamento dental é um tratamento muito utilizado pelas pessoas que desejam tornar os dentes mais brancos, principalmente aquelas que possuem dentes amarelados, buscando melhorar a aparência.

O clareamento dental pode trazer melhores interessantes para quem possui dentes amarelados (Foto: Divulgação)

Basicamente, existem duas formas de clarear os dentes, que são o clareamento por meio de luz (LED ou laser), realizado nos consultórios dentários, por um profissional, e o clareamento dental caseiro, feito à base de gel. Os resultados de ambos os métodos são semelhantes, no geral.

Mas mesmo com a popularização desse tipo de tratamento estético, ainda há muitas dúvidas a respeito do clareamento. Para sanar algumas delas, conheça mitos e verdades sobre clareamento dental.

Clareamento dental caseiro: como fazer, cuidados

Clareamento dental a laser: preço, quanto custa, clínicas

Mitos sobre o clareamento dental

Alguns cremes dentais prometem clarear os dentes, mas o resultado pode não ser o esperado (Foto: Divulgação)

– Clareamentos caseiros não funcionam?

Mito. Todos os tipos de clareamento dental têm como base a ação de um gel (peróxido de hidrogênio ou carbamida) em diferentes concentrações, que libera oxigênio, responsável por alterar a cor do dente, por meio da oxidação nos pigmentos amarelados. A eficácia é praticamente a mesma.

– Qualquer pessoa pode fazer clareamento?

Mito. O processo é contraindicado para gestantes e mulheres que estão amamentando. A condição dos dentes e da gengiva também deve ser avaliada, lembrando que o tratamento normalmente deve ser feito nas pessoas com idade acima dos 14 anos.

– A técnica enfraquece o dente?

Mito. Como o gel clareador atua no pigmento que ocasiona o escurecimento dos dentes e esse processo não é abrasivo, não existe risco para a estrutura dos dentes.

Continuar Lendo  Clareamento dental compras coletivas

– Alguns cremes dentais clareiam os dentes?

Mito. Cremes dentais branqueadores não trazem os agentes ativos do clareamento. Por serem mais abrasivos, eles removem manchas externas, mas podem causar desgaste ou abrasão do esmalte, em caso de uso prolongado.

Verdades sobre o clareamento dental

O resultado do tratamento vai depender da resposta biológica da estrutura dental de cada pessoa (Foto: Divulgação)

– Clareamento dental provoca sensibilidade?

Verdade. A ação do agente clareador pode provocar uma leve sensibilidade no dente durante o tratamento. Mas após o término do tratamento, ela desaparece.

– Não posso ingerir bebidas e alimentos com corante durante o tratamento?

Verdade. A ingestão de corantes pode diminuir a eficácia do procedimento. Nesse caso, deve-se evitar o consumo excessivo de alguns tipos de chás, refrigerantes, café e molhos, entre outros produtos.

– Os dentes escurecem com o passar dos anos?

Verdade. O efeito do clareamento dos dentes tem duração variada, mas no geral, pode se mostrar satisfatório por até três anos. Mas dependendo da exposição aos agentes que escurecem os dentes (chá, café, refrigerantes de cola, cigarro), pode ser necessário reforçar o tratamento de seis em seis meses.

– Qualquer pessoa pode ficar com os dentes brancos após o clareamento?

Parcialmente verdade. Vai depender da resposta biológica da estrutura dental de cada indivíduo. A eficácia depende também de realizar o procedimento corretamente.

Top