Novo presidente da Assembleia de Deus

Na última quinta-feira (11/04), ocorreu, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília, a eleição do presidente da Assembleia de Deus, maior…

Na última quinta-feira (11/04), ocorreu, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília, a eleição do presidente da Assembleia de Deus, maior denominação evangélica do país e uma das maiores denominações pentecostais do mundo.

A eleição do novo presidente da CGADB (Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil) aconteceu nesta quinta-feira, em Brasília. (Foto: Divulgação).

Nesta eleição, que ocorre a cada quatro anos, pastores de diversos ministérios que compõem a Igreja Evangélica Assembleia de Deus (IEAD) se reuniram em uma convenção geral, que se iniciou segunda-feira (08/04) e durou até sexta (12/04).

Confira: Número de evangélicos salta para 22,2% na última década.

Durante a convenção, foram promovidos estudos bíblicos e cultos abertos ao público. A eleição do novo presidente da AD contou apenas com a participação dos pastores da igreja, que atualmente representa cerca de 12 milhões de fiéis no Brasil e detém um patrimônio que inclui, entre outras coisas, uma fundação educacional, editora, hospitais e creches.

Mais sobre a eleição

O pastor José Wellington foi reeleito, com 9003 votos. (Foto: Divulgação).

Ao todo 16.747 pastores votaram para reeleger José Wellington, de São Paulo por 9.003 votos contra 7.407 votos para Samuel Câmara, de Belém do Pará. 175 votaram nulo. Wellington foi reeleito para mais 4 anos de mandato. Ele já está a frente da igreja há mais de 22 anos.

No evento que elegeu Wellington, também foram definidos novos rumos para a Assembleia de Deus por este motivo, o que torna de extrema importância a participação de pastores que representem ministérios, para que, assim, todos juntos decidam o caminho que irão tomar nos próximos anos.

Conheça famosos que estão contra Marco Feliciano.

Leia Também:  Eletrodomésticos Magazine Luiza

Presença de Marco Feliciano

O pastor e deputado Marco Feliciano também esteve presente na votação. (Foto: Divulgação).

O Deputado Federal e Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, Marco Feliciano (PSC) que também é pastor da IEAD, esteve presente no evento para votar. Ele chegou por volta das 12:20 horas, passou no estande da editora e tirou fotos com fiéis.

O pastor Samuel Câmara fez propostas ousadas nesse ano como aumentar a participação da Assembleia de Deus na mídia (TV e rádio) com a fundação de uma rede própria e também acabar com a reeleição para aumentar a rotatividade de presidente e estimular o surgimento de novos lideres na denominação. A manobra não funcionou muito bem já que Wellington foi reeleito.

Top