No tie-break, Brasil vence a China, de virada, pela Copa do Mundo de vôlei

A Seleção Brasileira feminina de vôlei continua fazendo uma vítima atrás da outra na Copa do Mundo do Japão. Na madrugada desta sexta-feira, as…

Brasileiras comemoram a quinta vitória no Mundial de vôlei do Japão

A Seleção Brasileira feminina de vôlei continua fazendo uma vítima atrás da outra na Copa do Mundo do Japão. Na madrugada desta sexta-feira, as meninas do Brasil venceram, de virada, a China por 3 sets a 2, parciais de 25/23, 25/27, 21/25, 25/20 e 17/15, no Hakkaido Prefectural Sports Center, em Sapporo, no Japão.

O jogo foi bastante disputado até o final, com brasileiras e chinesas se alternando na frente do placar. No primeiro set, o Brasil começou bem melhor e logo abriu uma boa vantagem, graças às boas exibições de Sheilla e Fabíola. Mas, a China se recuperou, encostou no placar e dificultou um pouco a vida das brasileiras. Entretanto, com um ataque de Paula Pequeno, a Seleção Brasileira fechou o set em 25 a 23.

Já na segunda parcial, o Brasil também largou bem, mas não conseguiu administrar a vantagem e viu a China se recuperar e passar à frente. Depois disso, o set ficou bastante equilibrado, sendo decidido ponto a ponto. No final, vitória da China por 27 a 25.

O terceiro set teve predomínio chinês. Desde os primeiros pontos, a China já mostrava que não facilitaria as coisas para as brasileiras. Apesar de estar atrás no marcador, Mari chegou a empatar o set, mas a reação parou por aí. A China se distanciou novamente no placar e garantiu a vitória no set por 25 a 21.

Em desvantagem, as brasileiras entraram em quadra no quarto set bastante concentradas. Com mais volume de jogo e contando com um bom desempenho de Sassá, o Brasil controlou a parcial e fechou o set em 25 a 20.

Para coroar a boa exibição da equipe comandada por José Roberto Guimarães, nada melhor do que um tie-break de tirar o fôlego. Com uma disputa ponto a ponto, o Brasil se manteve na frente, fechou o quinto set em 17 a 15 e o jogo em 3 sets a 2.

Na madrugada do próximo sábado, às 0h (de Brasília), o Brasil enfrenta a Itália, líder e única seleção invicta da competição.

Top