Nhá Chica: a primeira beata negra do Brasil

Para os religiosos este é um sábado de comemoração e de fé: Nhá Chica foi oficialmente beatificada hoje, em cerimônia pública ocorrida às 15h,…

Para os religiosos este é um sábado de comemoração e de fé: Nhá Chica foi oficialmente beatificada hoje, em cerimônia pública ocorrida às 15h, sob olhares de fiéis, políticos e também autoridades religiosas do Vaticano.

Conhecida como "Mãe dos Pobres" de Baependi (MG), Nhá Chica foi beatificada hoje. (Imagem: Divulgação)

 Conhecida como “mãe dos pobres”, Francisca de Paula de Jesus, nascida em São João Del Rei (MG) tornou-se a primeira beata negra do Brasil. Analfabeta e filha de escrava, Nhá Chica era leiga e não pertencia a nenhuma ordem religiosa em especial. Também era analfabeta e portanto não fazia a leitura da Bíblia mas era conhecida por sua caridade, que lhe rendeu o apelido de “Mãe dos Pobres”. Embora nascida em São João Del Rei, passou a maior parte da vida em Baependi, também em Minas Gerais, até seu falecimento em 14 de junho de 1895.

Detalhes do processo de beatificação de Nhá Chica

O processo de beatificação para Nhá Chica teve início em 1993, com diversos relatos de cura por sua intercessão, mas foi em 1995 que ele ganhou mais força com o relato de cura da professora Ana Lúcia Meirelles Leite, que descobrira naquele ano ter um problema congênito no coração. No dia anterior a cirurgia cardíaca, a paciente teve febre alta e exames feitos mais tarde mostraram que o problema havia sumido. O relato de cura foi adicionado ao processo porque Ana Lúcia rezara a Nhá Chica, e portanto considerou a cura como tendo sido por seu intermédio.

A professora Ana Lúcia Meirelles, cuja cura de um problema de coração foi decisivo para beatificação de Nhá Chica (Imagem: Divulgação)

Embora o relato tenha sido enviado ao Vaticano em 1998, somente em outubro de 2011 a comissão médica da Congregação das Causas dos Santos do Vaticano aprovou a existência do milagre, ao chegar a conclusão de que a cura da professora não teve explicação científica. Sendo assim, o milagre foi atestado por uma comissão de cardeais em junho de 2012 e o então Papa Bento XVI assinou o decreto pela beatificação de Nhá Chica, finalmente concedido.

Leia Também:  Melhores DVDs Infantis

 

Top