Na luta contra o rebaixamento, Bahia e Atlético-PR medem forças em Salvador

Tricolor baiano busca segunda vitória consecutiva em casa para se afastar da Z-4. Já o Furacão tenta por fim à péssima campanha como visitante…

Autor de dois gols no domingo, Souza é a arma ofensiva do Bahia para o duelo contra o Furacão

O encontro entre Baha e Atlético Paranaense, quarta-feira, às 20h30, no estádio Pituaçu, em Salvador, será cercado por muita tensão. Na luta contra o rebaixamento desde as primeiras rodadas do Brasileirão, tanto baianos quanto paranaenses sabem que a cada rodada sem somar pontos o fantasma do descenso fica ainda mais real.

Na 16ª colocação, com 27 pontos, o Tricolor baiano é o primeiro clube fora da zona da degola atualmente, mas tem consciência de que uma derrota, combinada com a vitória do Atlético Mineiro diante do Flamengo, recoloca a equipe entre os piores do Brasileirão. A situação do Furacão paranaense é ainda pior. Com apenas 23 pontos, a equipe rubro-negra está na 18ª posição e nem mesmo uma vitória sobre o Bahia é suficiente para livrar o clube da Z-4 já nesta rodada.

Para embalar em casa

O Bahia pretende repetir o bom jogo que fez na vitória por3 a0 diante do Fluminense no último domingo, também no estádio Pituaçu, para se afastar de vez da zona da degola.

A única novidade dos tricolores para o duelo será o retorno do zagueiro Paulo Miranda. Assim, Danny Morais deve iniciar o jogo entre os reservas. Carlos Alberto e Lulinha, que deixaram o campo machucados no último domingo, estão liberados para a partida.

Retrospecto do Furacão fora de casa preocupa

Neste Brasileirão, o Atlético Paranaense já mostrou que não se sente nada à vontade quando atua como visitante. Em 12 partidas longe de casa, a equipe rubro-negra venceu apenas dois jogos, empatou outros dois e foi derrotada oito vezes.

Para acabar com o histórico negativo, o técnico Antônio Lopes deve ter o retorno do meia Paulo Baier ao time titular. O volante Marcelo Oliveira e o atacante Guerrón também reforçam o time paranaense. Porém, os meias Marcinho e Madson, lesionados, desfalcam a equipe.

Leia Também:  Vasco atropela o Aurora e passa para as quartas de final da Sul-Americana

FICHA TÉCNICA

BAHIA X ATLÉTICO PARANAENSE

Bahia: Marcelo Lomba; Marcos, Paulo Miranda, Titi e Dodô; Fabinho, Fahel, Hélder e Carlos Alberto; Jones e Souza. Técnico: Joel Santana

Atlético-PR: Renan Rocha; Edílson, Manoel, Rafael Santos e Héracles; Deivid, Renan, Marcelo Oliveira e Paulo Baier; Adaílton (Rodriguinho) e Guerrón. Técnico: Antônio Lopes

Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)

Auxiliares: Cleriston Clay Barreto (SE) e Eduardo Lincoln Neves (RN)

 

Top