Com dois expulsos, Verdão empata e fica ainda mais longe da Libertadores

Em jogo com três expulsões, Palmeiras e Avaí apenas empatam em 1 a 1. Verdão permanece em oitavo e Leão continua na penúltima colocação…

Palmeiras perde dois atletas por expulsão e empata com o Avaí em Floripa

Em outras ocasiões, o empate do Palmeiras em 1 a 1 com o Avaí, neste domingo, fora de casa, até poderia ser comemorado, já que a equipe paulista teve dois jogadores expulsos e saiu atrás no marcador.

Porém, a fase que o Palmeiras atravessa é tão delicada que o time não pode se dar ao luxo de comemorar um mísero empate. Também pudera. A equipe alviverde não vence há cinco rodadas, despencou para o oitavo lugar e já vê ameaçada a chance de ficar com uma das vagas na Libertadores do ano que vem.

Por sua vez, o Avaí perde mais dois pontos em casa e permanece na penúltima colocação, com 22 pontos.

Jogo tenso

Em Floripa, as duas equipes estavam com os nervos à flor da pele, tanto que a partida teve três jogadores expulsos. Pelos lados do Palmeiras, Rivaldo e Gerley deixaram o gramado mais cedo após cometerem faltas violentas. Já no Avaí, o atacante Rafael Coelho levou o cartão vermelho na segunda etapa também por entrada criminosa.

Com a bola rolando, o jogo não teve grande emoção. O Avaí saiu na frente com Batista logo aos cinco minutos de partida. O atleta chutou de fora da área, a bola desviou no zagueiro Henrique e tirou o goleiro Marcos do lance. Além de levar o gol, poucos minutos depois, o Palmeiras perdeu seu primeiro atleta expulso: Rivaldo.

Mesmo assim, o alviverde paulista empatou o jogo aos 41 minutos do primeiro tempo. Para variar, o empate veio com a boa e velha bola parada de Marcos Assunção. O volante cobrou falta na área e Chico desviou para empatar.

Na segunda etapa, Gerley, aos dois minutos do segundo tempo, e Rafael Coelho, aos 17, também foram expulsos por cometerem faltas violentas.

Leia Também:  Mario Gomez marca três e Bayern de Munique derrota o Napoli, na Alemanha

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 1X1 PALMEIRAS

AVAÍ: Felipe; Arlan, Dirceu, Gian e Pará (Leandrinho); Bruno, Batista (Rafael Coelho), Pedro Ken (Estrada) e Cleverson; Robinho e William. Técnico: Toninho Cecílio

PALMEIRAS: Marcos; Márcio Araújo, Henrique, Maurício Ramos (Thiago Heleno) e Rivaldo; Chico, Marcos Assunção e Tinga (João Vitor); Kleber, Fernandão (Gerley) e Luan. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Árbitro: Evandro Rogério Roman

Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)

Cartões amarelos: Gian, Bruno, Pedro Ken, Batista (Avaí). Kleber (Palmeiras)

Cartões vermelhos: Rivaldo e Gerley (Palmeiras)

Gols: AVAÍ: Batista, aos 5 minutos do primeiro tempo; PALMEIRAS: Chico, aos 41 minutos do primeiro tempo

Top