Muammar Kadhafi está morto, diz novo governo da Líbia

O governo líbio informou às agências de notícias que o ex-ditador do país, Muammar Kadhafi não resistiu aos ferimentos que sofreu no ataque dos…

O governo líbio informou às agências de notícias que o ex-ditador do país, Muammar Kadhafi não resistiu aos ferimentos que sofreu no ataque dos combatentes do novo governo, que aconteceu nesta quinta-feira (20), em local próximo a Sirte. O município era a cidade natal do ditador e o último foco que ainda era defendido por militantes pro-Kadhafi e que hoje foi tomada definitivamente pelos rebeldes.

A primeira informação a respeito da prisão do ex-ditador era de que ele estava ferido gravemente em ambas as pernas através da agência Reuters, em contado de Abdel Majid, chefe-militar dos ex-rebeldes. A France Press publicou em seu site uma imagem que seria de Kadhafi depois de sua prisão, na qual ele estaria ferido ou morto. A veracidade da imagem foi confirmada por fontes militares. Posteriormente, Abdel Majid afirmou que o ex-ditador também havia sido baleado na cabeça e morrido.

Tempo depois, o ministro da informação do novo governo Mahmoud Shammam e o porta-voz do Conselho Nacional de Transição (CNT) fizeram o anúncio. De acordo com informações da Folha Online, Kadhafi sofreu o ataque aéreo promovido pela Otan em um comboio enquanto tentava fugir. Já um combatente do novo governo ouvido pela agência Reuters afirma que o ditador estava escondido em um buraco. Rebeldes informaram que o corpo do ex-ditador seria levado para um local não informado na cidade de Misrata por questão de segurança.

Ainda não há nenhuma confirmação por parte da Otan, que fornece apoio militar aos rebeldes, ou do Departamento de Estado dos Estados Unidos referentes à captura ou morte de Muammar Kadhafi. Embora a Otan tenha confirmado o ataque ao comboio, não soube precisar se o coronel estava no local. Até o momento, o canal de TV Al Livya, que é pró-Kadhafi desmentiu as informações.

Continuar Lendo  Pacote de viagens Amazônia CVC 2016: preços

Top