Mitos e verdades sobre hipnose

A hipnose é um assunto que levanta muitas questões entre os indivíduos. É comum nos depararmos com pessoas que passaram por um período hipnótico,…

A hipnose é um assunto que levanta muitas questões entre os indivíduos. É comum nos depararmos com pessoas que passaram por um período hipnótico, em especial, durante as apresentações de mágicos ilusionistas. Porém, o que muita gente não sabe, é que o estado hipnótico é uma fase fisiológica do cérebro. Conheça alguns mitos e verdades sobre a hipnose.

Conheça alguns mitos e verdades sobre a hipnose. (Foto: divulgação)

Saiba mais sobre a hipnose

A hipnose é um estado em que a mente de qualquer pessoa comum pode atingir, de forma natural. Um exemplo disso, é quando um indivíduo dirige um carro, mas não se lembra de ter realizado essa função, como se ele estivesse em piloto automático. Em outros casos, o indivíduo pode atingir essa fase quando realiza a leitura de um livro, resultando no envolvimento da história. Em qualquer uma dessas situações, em que é necessária uma grande concentração, o cérebro entra de maneira automática em um estado hipnótico natural.

Mitos e verdades sobre a hipnose

Até os dias atuais, a hipnose é considerada um tabu. No entanto, ela é comumente praticada em diversos tratamentos que visam a melhoria da qualidade de vida do indivíduo. Porém, seu errôneo uso tem colaborado com a criação de diversas crenças populares que, nem sempre, são reais. Conheça alguns mitos e verdades sobre a hipnose.

A hipnose é utilizada para o tratamento de diversos distúrbios psiquiátricos, incluindo os vícios.

Verdade – A hipnose é utilizada com muito sucesso para ajudar indivíduos a tratar diversos problemas e distúrbios que possam afetar a qualidade de vida deles. Entre eles, podemos citar:

  • Construir a autoestima;
  • Ocorre a mudança dos hábitos;
  • Ajuda na perda de peso;
  • Melhora a memória;
  • Elimina a ansiedade;
  • Combate medos em gerais;
  • Combate à depressão;
  • Ajuda a parar de fumar;
  • Colabora na preparação do indivíduo para realizar exames e entrevistas.

    Durante as atividades que exigem concentração, muitas pessoas atingem o estado hipnotico. (Foto: divulgação)

É importante mencionar que a hipnoterapia é realizada para acelerar o processo de terapia em geral, colaborando com a diminuição do tempo de tratamento. No entanto, o tempo de estipulação dessa terapia depende do problema apresentado pela pessoa.

Leia Também:  Truques de maquiagem para olhos

O indivíduo que é submetido à hipnose fica inconsciente durante o estado hipnótico.

Mito – Muitas pessoas acreditam que estar hipnotizado é sinônimo de inconsciente. No entanto, o transe hipnótico tem como característica principal, uma dissociação entre a consciência e a inconsciência, sendo isso essencial para o processo de cura.

Durante o estado hipnótico, a pessoa pode confessar seus segredos

Mito – Segundo especialistas, mesmo durante o transe profundo, o cérebro ainda conserva o sentido de vigilância. Este é o que mantem a integridade da pessoa, impedindo que ela confesse os conflitos e os segredos mais profundos.

A hipnose pode ser utilizada como forma de ratamento dos distúrbios do indivíduo. (Foto: divulgação)

A hipnose é uma forma de tratamento que ajuda diversos pacientes a lidar com vários distúrbios. Além disso, o estado hipnótico pode agir em associação com outra formas de terapia, trazendo grandes benefícios ao indivíduo.

Top