Mitos e verdades sobre carne de porco

Por ter o uso restringido por algumas religiões e já ter sido considerada extremamente gordurosa e maléfica à saúde, a carne suína é um…

Por ter o uso restringido por algumas religiões e já ter sido considerada extremamente gordurosa e maléfica à saúde, a carne suína é um dos alimentos mais cercados de tabus. Esclareça algumas dúvidas sobre o assunto e confira alguns mitos e verdades sobre a carne de porco.

Conheça os benefícios da carne de porco para a saúde.

 

A carne de porco é cercada por mitos e verdades. (Foto: divulgação)

Mitos e verdades sobre a carne de porco

  • A carne de porco é prejudicial à saúde

Mito. A carne suína já foi bastante gordurosa, mas desde a década de 80 até os dias de hoje os índices de gordura foram reduzidos em 31%, enquanto a quantidade calórica diminui 14% e o colesterol 10%. Portanto, a atual carne de porco disponível para consumo não merece o antigo conceito de ser maléfica à saúde;

  • A carne de porco pode transmitir doenças

Verdade. A doença mais comum que a carne de porco pode transmitir é a cisticercose, mas é importante lembrar que esse mesmo problema pode ser causado por carne bovina e até mesmo pelo consumo de vegetais ou frutas mal lavados.

Felizmente, com as atuais técnicas de suinocultura somadas ao cuidado no preparo dos alimentos, como o cozimento por tempo suficiente, as chances de transmissão de doenças diminuiu substancialmente;

  • A carne de porco é mais saudável que a de frango

Mito. Apesar da carne suína de hoje ser muito mais saudável do que há de algumas décadas, não é possível comparar esses dois alimentos e afirmar que a carne de frango seria menos saudável.

A carne de porco é uma opção saudável para quem quer emagrecer. (Foto: divulgação)

O maior ganho de peso dos frangos não é conseguido às custas do uso de hormônios, como muitas pessoas pensam, e a maior eficiência das aves é devido a seleção genética, exigências nutricionais e adequação do ambiente em que as animais são criados.

  • Depois de fazer tatuagem não se pode comer carne de porco
Leia Também:  Roupas indicadas para fazer ioga

Mito. Essa crença não possui nenhum fundamento e a ingestão de carne de porco não possui nenhuma relação com a tatuagem. Isso significa que não há nenhum problema em comer carne suína depois de fazer uma tatoo.

  • A carne de porco tem menos colesterol que o camarão

Verdade. O nível de colesterol da carne suína é bem próximo ao de outras carnes, como a bovina e a de aves, sendo perfeitamente adequada às necessidades do consumidor.

É importante lembrar que nem sempre a carne aparentemente mais magra é mais saudável. Por exemplo, enquanto 100g de camarão possui entre 97 a 164 mg de colesterol, a mesma quantidade de carne suína apresenta apenas 56 a 97 mg.

Confira dicas de pratos com carne de porco.

O rápido crescimento dos frangos é devido a seleção genética e outros fatores. (Foto: divulgação)

A carne de porco é bastante saborosa, mas também é cercada por mitos que acabam causando medo e preocupação desnecessários. Por isso vale a pena ficar por dentro do assunto e esclarecer as principais dúvidas.

Top