Método contraceptivo da temperatura: como funciona

O método contraceptivo da temperatura é uma excelente estratégia para evitar a gravidez. Porém, muitas mulheres têm dúvidas sobre como utilizar essa forma de contracepção. Saiba mais sobre o assunto e veja como funciona o método contraceptivo da temperatura.

A temperatura basal é um método contraceptivo. (Foto: divulgação)

Temperatura basal

A temperatura corporal basal é aquela que o corpo atinge quando está em repouso, ou seja, antes que a pessoa faça qualquer atividade física. O ideal é medir a temperatura pelas regiões oral ou axilar. É importante dormir pelo menos de 4 a 6 antes de registrar os valores, para que não ocorram alterações.

Saber em quantos graus centígrados está o corpo é uma forma de identificar se houve ou não ovulação naquele ciclo. Se a temperatura sobe durante mais do que três dias seguidos, é provável que a ovulação tenha ocorrido.

O método funciona porque quando a mulher vai ovular algumas substâncias são liberadas no organismo, levando ao aumento discreto da temperatura. Porém, é importante ressaltar que quando há outros fatores que interferem no calor do corpo, como febre, o método perde seus parâmetros e deve ser suspenso.

Veja também os principais contraceptivos não orais 

Método contraceptivo da temperatura

O método da temperatura basal pode ser utilizado tanto para engravidar quanto para evitar gravidez. Quando a temperatura da mulher se eleva, indica que ela está no período fértil. Para utiliza-lo com o fim de ajudar a engravidar, assim que a temperatura presenta aumento, o casal deve manter relações para que ocorra fecundação. Porém, quando utilizado como método contraceptivo, é justamente no período fértil que o casal deve evitar as relações.

É importante ressaltar que a temperatura basal não deve ser usada como única forma contraceptiva, e sim associada a outros métodos como uso de preservativos ou DIU (dispositivo intra uterino).

Para que essa forma de contracepção funcione, o casal deve evitar a relação sexual a partir do início da menstruação ou pelo menos 48 a 72 horas após o dia em que aconteceu a elevação da temperatura corpórea basal.

Quando a temperatura da mulher se eleva, significa que ela está fértil. (Foto: divulgação)

Riscos da eficácia do método

A temperatura corporal da mulher está sujeita a variações. Por isso pode não ser fácil distinguir o aumento provocado pela ovulação de outras elevações causadas por resfriados, noites mal dormidas e outras perturbações emocionais.

O método é seguro, mas, como os demais, possui riscos.  O ideal é apostar no uso de outros métodos contraceptivos juntamente com o da temperatura, garantindo uma maior eficácia contra a concepção.

O uso de camisinha também é um método contraceptivo seguro. (Foto: divulgação)

Veja também como escolher método anticoncepcional 

O método contraceptivo da temperatura basal só funciona quando usado corretamente, porém não é 100% eficaz. Caso você opte pela tabelinha, o ideal é consultar o médico para maiores orientações sobre outras formas de evitar gravidez que possam ser utilizadas concomitantemente ao método da temperatura basal.

Reply