Menopausa: sinais, indícios, sintomas

A menopausa corresponde ao final do período fértil da mulher e o termo, de origem grega, significa “parada da menstruação”, se referindo ao momento…

Por Editorial MDT em 27/12/2012

A menopausa corresponde ao final do período fértil da mulher e o termo, de origem grega, significa “parada da menstruação”, se referindo ao momento em que os ovários não possuem mais óvulos para serem liberados. Tecnicamente, a menopausa só pode ser confirmada após um ano do último sangramento.

Os fogachos são sintomais bem característicos. (Foto: divulgação)

Associado à parada da menstruação costuma ocorrer flutuações nos níveis hormonais, que fazem parte de um fenômeno natural chamado de climatério, que consiste na transição da fase reprodutiva para a não reprodutiva. Os resultados da variação hormonal são diversos sintomas nenhum pouco agradáveis. Fique por dentro do assunto e conheça os sinais, indícios e sintomas de menopausa.

Conheça os sintomas e saiba como tratar a menopausa precoce.

Indícios de menopausa

Os sintomas do climatério variam de uma pessoa para outra em intensidade e tipo de queixas. Entretanto, de uma maneira geral, é possível perceber alguns indícios de que o período fértil está chegando ao fim.

Quando os níveis de hormônios diminuem, podem ser observadas algumas alterações na pele e nas curvas femininas, que acontece devido à falta de colágeno, resultando em perda da elasticidade cutânea e dos vasos sanguíneos. Também ocorre diminuição da massa muscular e aumento da indesejada gordurinha localizada.

Outro problema bastante comum acarretado pela queda do estrógeno, é o aumento das taxas de colesterol e triglicerídeos, podendo causar o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. A captação e absorção do cálcio também se torna prejudicada, levando ao enfraquecimento ósseo e até osteoporose.

A perda da libido é um dos sinais do climatério. (Foto: divulgação)

Sinais que podem indicar a chegada da menopausa

Os principais sinais que se relacionam com a chegada da menopausa e podem significar a necessidade de acompanhamento médico para atravessar esse período delicado, são:

  • Irregularidade menstrual, com intervalos que cada vez maiores e presença de fluxo inconstante;
  • Fogachos;
  • Mudança na aparência da pele, cabelos e unhas;
  • Irritabilidade e tendência depressiva;
  • Dificuldade em dormir;
  • Cefaleias;
  • Aumento da frequência urinária;
  • Diminuição da libido;
  • Ressecamento vaginal e dor durante o ato sexual.

Principais sintomas do climatério

Os sintomas do climatério podem ser divididos conforme o tipo de acometimento:

Sintomas vasomotores

São bem característicos desse período e correspondem à súbita sensação de calor no rosto, pescoço e parte superior do tronco. Chamado de “fogachos”, costumam durar até cinco minutos e são acompanhados de rubor palpitação, tontura, rubor fácil, sudorese fadiga muscular.

Essa queixa é bastante comum e afeta 75% das mulheres; frequentemente é o motivo que faz com que a paciente procure auxílio médico. A temperatura da face pode subir até 5 graus centígrados em relação ao restante do corpo.

Sintomas psíquicos

Os níveis inconstantes de estrógeno e progesterona afetam a liberação de neurotransmissores fundamentais para o equilíbrio do sistema nervoso central. A consequência são transtornos como irritabilidade, labilidade emocional, depressão, ansiedade, melancolia, alteração de humor e choro descontrolado.

Conheça os alimentos que combatem os sintomas da menopausa.

Alterações na pele são um dos indícios de que o período fértil está chegando ao fim. (Foto: divulgação)

A menopausa representa o final do período fértil da mulher e é uma fase delicada, onde a paciente se encontra fragilizada e com grande desconforto físico. Entender melhor os indícios, sinais e sintomas desse momento ajuda a se preparar para enfrenta-lo.

Top