LG G Flex é riscado e se regenera: entenda

O novo smartphone da LG, o G Flex, é um gadget poderoso, que conta com processador quad core Snapdragon 800, de 2.3 GHz, memória RAM de 2 GB, câmera de 13 MP e tela de 6 polegadas com resolução de 1920 x 1080 pixels, além de Android 4.2 e conectividade 4G LTE, entre outros recursos.

G Flex é o novo smartphone da LG, que tem tela curvada e uma impressionante capacidade de se recuperar de arranhões e amassados (Foto: Divulgação)

Porém, o que mais chama a atenção no dispositivo, que tem tela curva, é a capacidade de regeneração da parte traseira da sua carcaça, quando ela sofre arranhões leves, como os provocados por um molho de chaves, por exemplo, algo bastante comum de acontecer se você tem o costume de levar o celular e as chaves no bolso, ao mesmo tempo.

O segredo da regeneração do LG G Flex está na tecnologia chamada “Self Healing”, que, de acordo com a fabricante sul-coreana, consiste em uma espécie de camada plástica aplicada na parte traseira da carcaça do celular, que possui a capacidade regenerativa, mantendo a aparência de “novo” do dispositivo.

Vídeos dos testes com o smartphone LG G Flex

O primeiro vídeo divulgado pela LG (confira acima) mostra o smartphone G Flex sendo riscado por vários materiais, em um laboratório, sob condições ideais de temperatura. Após alguns minutos, ele se recupera de praticamente todos os riscos, ao contrário de um dos seus concorrentes, que possui carcaça convencional, mostrado na parte esquerda da filmagem.

Como o teste revelado pela LG foi feito em laboratório, o pessoal do site MKBHD resolveu testar o novo aparelho na rua, em situações mais próximas da realidade, para saber se realmente a tal regeneração do smartphone de tela curva funciona.

Conforme você pode notar, assistindo ao vídeo acima, a conclusão do pessoal que realizou os testes é de que o LG G Flex realmente pode se regenerar, pois ele se recuperou não só dos riscos feitos com uma chave, mas também dos riscos feitos com uma faca.

Resistente também a amassados

Depois de pressionado contra uma superfície, ele fica reto durante alguns segundos e recupera a forma curvada logo em seguida (Foto: Divulgação)

Além disso, a turma do site tentou colocar o smartphone de tela flexível em uma forma reta, pressionando-o contra uma superfície lisa, tanto na parte dianteira quanto na traseira, simulando uma situação em que ele é amassado.

Após a pressão, que poderia até mesmo quebrá-lo, ele ficou reto, mas depois de pouco tempo, acabou retornando à sua forma curva original, ou seja, o smartphone G Flex LG pode se regenerar tanto de riscos quanto de amassados.

Esse incrível aparelho, que vem sendo apelidado de “smartphone Wolverine”, por causa da capacidade de regeneração do personagem da Marvel, deve ser lançado na Coreia do Sul até o final de novembro.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Reply