Leasing: o que é, como funciona

Leasing: o que é, como funciona

O leasing é uma forma de financiamento muito difundida principalmente na comercialização de carros novos e usados, sendo apresentado pelas concessionárias e revendedoras como…

Por Andre em 25/09/2012

O leasing é uma forma de financiamento muito difundida principalmente na comercialização de carros novos e usados, sendo apresentado pelas concessionárias e revendedoras como uma alternativa ao consórcio e ao CDC (Crédito Direto ao Consumidor).

O leasing é muito utilizado para a aquisição de carros novos e seminovos (Foto: Divulgação)

Também conhecido como arrendamento mercantil, o leasing é na verdade um tipo de locação financeira, que apesar de mais utilizado no segmento automotivo, também pode ser uma opção para quem deseja adquirir imóveis ou outros tipos de bens e pagar em prestações.

Contando com características próprias e um pouco diferentes de outras formas de financiamento, o leasing é uma operação que demanda certo cuidado do consumidor antes de assinar o contrato e fechar o negócio, para evitar algumas dores de cabeça no futuro.

Entenda: Você sabe qual é a diferença entre financiamento e leasing? Confira!

Como funciona o Leasing

Em menor escala, também é usado nas negociações de imóveis (Foto: Divulgação)

Ao optar pelo leasing, o consumidor paga pelo uso do produto (um carro, por exemplo) por um determinado tempo, estipulado em contrato, e após o encerramento deste, ele tem três opções: comprar o produto definitivamente, renovar o contrato por um novo prazo ou devolver o bem.

Durante a vigência do contrato e o pagamento das parcelas, que nesse caso podem ser consideradas como uma espécie de aluguel, o bem fica em nome da empresa e não no do consumidor, como acontece nas outras modalidades de financiamento, o que acaba sendo uma garantia para a empresa, já que o bem em questão não pode ser negociado pelo consumidor. Isso também facilita a retomada do bem em caso de inadimplência.

Diferentemente do CDC e de outros tipos de financiamento, que permitem a liquidação das parcelas a qualquer momento, no leasing só é possível quitar o valor do bem a partir da 24ª parcela, apesar de algumas operadoras já oferecerem leasing em que o valor da opção de compra já esteja embutido nas prestações do arrendamento, isso se o consumidor optar pela compra no início do contrato.

Saiba um pouco mais sobre o Itaú Leasing de veículos

Vantagens e desvantagens do Leasing

Antes de assinar o contrato, é importante conhecer as vantagens e as desvantagens do leasing (Foto: Divulgação)

Algumas das vantagens do leasing são as menores taxas de juros e a isenção do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), devido ao menor risco de inadimplência, mas por outro lado, existem algumas desvantagens, como a não possibilidade de mudar de ideia em caso de optar pela compra do bem.

Para não ter problemas com leasing, o melhor é ler o contrato com bastante calma e atenção, antes de fechar o negócio e, se necessário, procurar a orientação de advogados de sua confiança ou dos órgão de proteção ao consumidor, como o Procon.

Top