Ioga para crianças: dicas

A hiperatividade é um problema cada vez mais comum nas crianças e isso acontece porque elas estão diariamente expostas à televisão, aos vídeo games,…

Por Editorial MDT em 26/01/2012

O ioga promove o auto-conhecimento para a criança. (Foto: Divulgação)

A hiperatividade é um problema cada vez mais comum nas crianças e isso acontece porque elas estão diariamente expostas à televisão, aos vídeo games, à escolas que cobram demais delas e a um cotidiano agitado com muitas aulas extracurriculares. Por isso, ficam estressadas e não conseguem se concentrar por serem super estimuladas, deixando de ser crianças. Sendo assim, o ioga, que é uma filosofia oriental, é ótimo para deixá-las mais calmas, concentradas e com a memória e o raciocínio desenvolvido. Então, veja algumas dicas sobre o ioga para crianças.

Com posturas que imitam animais ou objetos comuns ao dia a dia infantil, as crianças aprendem a se auto-conhecer relaxando e se concentrando nos movimentos. Por exemplo, com a postura do coelho e da vela, elas ganham estímulos para a memória, para a concentração e para o raciocínio, pois ficam cheias de energia e revigoradas para novos aprendizados enquanto ficam calmas internamente imitando o elefante em uma dança gostosa e relaxante.

O ioga promove algo muito importante no mundo moderno: o auto-conhecimentos. Muitas pessoas ainda não se conhecem e, por isso, têm muitos problemas psicológicos. Sendo assim, com o olhar interno que o ioga permite que seja feito, as crianças encontram a sua verdadeira essência, desenvolvendo qualidades da alma humana como o amor, a alegria, a paz e a calma.

Imitando animais e objetos, as crianças aprendem a se respeitar e a respeitar o próximo. (Foto: Divulgação)

Conhecendo a si mesmas, elas podem olhar para os outros de um modo mais intenso, descobrindo neles pessoas incríveis e podendo viver melhor em sociedade, fator que gerará uma vida profissional e social para elas agora e no futuro.

Nas aulas de ioga infantil, os professores utilizam recursos lúdicos para que elas compreendam o verdadeiro sentido da vida, que inclui o olhar para si, a amizade, a higiene, a gentileza e o amor. As crianças podem começar a praticar o ioga a partir dos 2 anos em escolas especializadas.

A vida em sociedade é muito importante no ioga. (Foto: Divulgação)

Em um mundo agitado e estressante como o atual, é preciso proteger as nossas crianças. E elas só ficarão fortes tendo o seu lado interno fortificado. Sendo assim, a técnica milenar indiana ioga é uma das mais indicadas para desenvolver a auto-confiança, a segurança e a competência dos seus filhos.

 

 

Top