quinta-feira, 18 de agosto de 2022 - 18/08/2022 17:14:59
MundodasTribos

O programa Ciência Sem Fronteiras está com inscrições abertas para graduação-sanduíche no exterior. A iniciativa envolve 20 países e tem como objetivo melhorar a competitividade nas áreas de ciência e tecnologia.

O Programa Ciência sem Fronteiras está com inscrições abertas. (Foto:Divulgação)

O “Ciências Sem Fronteiras” foi criado em 2011. Até 2014, ele espera conceder 101 mil bolsas de estudo no exterior.

O que este artigo aborda:

Vagas para graduação-sanduíche Ciência Sem Fronteiras

A graduação-sanduíche é uma modalidade de curso superior em que o universitário realiza um período da faculdade no exterior. Através do intercâmbio, é possível ampliar a bagagem cultural, adquirir experiência internacional e aprimorar outro idioma.

A nova edição do programa “Ciência sem Fronteiras” está trabalhando em parceria com os seguintes países: Reino Unido, Bélgica, Canadá, Holanda, Finlândia, Austrália, Nova Zelândia, Coréia do Sul, Espanha, EUA, Alemanha, França, Itália, Suécia, Noruega, Irlanda, China, Hungria, Japão e Áustria.

Para participar do processo seletivo e concorrer a uma bolsa, o universitário precisa ter feito o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Também é necessário ter conquistado nota 600 ou superior para disputar uma bolsa de estudo no exterior.

Os bolsistas passam um período da faculdade no exterior. (Foto:Divulgação)

O processo seletivo do “Ciência sem Fronteiras” inclui teste de proficiência do idioma aceito na instituição de destino. O universitário que deseja se tornar bolsista também precisa ter cumprido no mínimo 20% e no máximo 90% da carga horária do curso.

A bolsa de graduação-sanduíche tem duração de até 12 meses. Neste período, o aluno terá que realizar os estudos em tempo integral. O programa “Ciência sem Fronteiras” concederá passagens aéreas, auxílio-instalação, seguro saúde e auxílio para o material didático (que permite a compra de um computador portátil).

Para disputar uma bolsa do “Ciência sem Fronteiras”, o universitário precisa estar matriculado em uma das áreas contempladas. São elas: Engenharias e demais áreas tecnológicas; Ciências Exatas e da Terra; Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde; Computação e Tecnologias da Informação; Tecnologia Aeroespacial; Fármacos; Produção Agrícola Sustentável; Petróleo, Gás e Carvão Mineral; Energias Renováveis; Tecnologia Mineral; Biotecnologia; Nanotecnologia e Novos Materiais; Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais; Biodiversidade e Bioprospecção; Ciências do Mar; Indústria Criativa (voltada a produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação); Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva e Formação de Tecnólogos.

Inscrições graduação-sanduíche Ciências Sem Fronteiras

Os interessados podem se inscrever até o dia 29 de novembro. (Foto:Divulgação)

As inscrições para as bolsas de graduação-sanduíche podem ser realizadas até o dia 29 de novembro pelo site oficial do programa Ciência sem Fronteiras. Para se inscrever, ele deve acessar o link “chamadas abertas” e escolher o país do seu interesse. Em casos de dúvidas, vale a pena acionar a central de atendimento pelo número 0800 616161.

O conteúdo "Graduação Sanduíche Ciência Sem Fronteiras 2014: inscrições abertas" foi feito por Isabella Moretti e distribuído por MundodasTribos na categoria Graduação e Pos Graduação em .

Isabella Moretti

Publicitária, pós-graduada em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais. É também empresária e CEO & Founder do ViaCarreira

1

Pode ser do seu interesse

Pós Graduação em Nutrição em Campinas

Pós Graduação em Nutrição em Campinas

Cursos de Pós-Graduação na Área de Comunicação

Cursos de Pós-Graduação na Área de Comunicação

Estágio Supervisionado Pedagogia Educação Infantil

Estágio Supervisionado Pedagogia Educação Infantil

Curso De Engenharia De Perfuração

Curso De Engenharia De Perfuração

Graduação em Engenharia Ambiental SP

Graduação em Engenharia Ambiental SP

Pós-Graduação em Jornalismo Cinematográfico

Pós-Graduação em Jornalismo Cinematográfico