Governo quer facilitar troca de dívida de um banco para outro

Com a baixa nos juros anunciadas pelos bancos nacionais recentemente a possibilidade de transferir dívidas entre as instituições financeiras ficou em pauta. Isso porque…

O Governo Federal quer facilitar a troca de dívidas entre bancos (Foto: Divulgação)

Com a baixa nos juros anunciadas pelos bancos nacionais recentemente a possibilidade de transferir dívidas entre as instituições financeiras ficou em pauta. Isso porque o cliente pode pesquisar quem oferece juros menores e condições de pagamento mais acessíveis e solicitar a troca de banco para aquela divida. O problema é que na prática não é fácil fazer essa mudança, já que é preciso ir às duas instituições financeiras solicitar o procedimento.

Para facilitar os tramites de migração de dívida o Governo Federal quer que o procedimento seja feito online, sem que o cliente saia de casa. A medida faz parte das ações previstas pela equipe da presidente Dilma Rousseff, que também incluem facilidade no empréstimo pessoal e baixa nos juros ainda maior para esse procedimento.

Leia também: Conheça as novas regras para poupança

No dia 4 de maio foi anunciada a mudança dos rendimentos da caderneta de poupança, com o intuito de permitir que o Banco Central continue baixando os juros básicos da economia. Antes disso, as instituições financeiras federais já anunciaram a baixa algumas taxas, sendo seguidos pelos privados.

Leia também: Saiba se vale a pena trocar de banco para pagar menos juros

O consumidor não vai mais precisar ir pessoalmente nos bancos para trocas as dívidas de intituição (Foto: Divulgação)

Os benefícios com reação as taxas não são tão simples quanto parecem, já que algumas pessoas encontraram dificuldade de conseguir um empréstimo pessoal fazendo uso desse novo valor de juros aplicados. Algumas instituições financeiras criaram regras rígidas para evitar a distribuição do beneficio em demasiam, o que vem gerando muitas controvérsias. Enquanto isso, os clientes tentam tirar o máximo de proveito da situação e conquistar créditos em bancos.

Top