Formol em cosméticos: perigos

Não há mulher que resista a um tratamento de beleza. Porém, muitas delas acabam recorrendo para o uso de produtos que nem sempre, contribuem…

Não há mulher que resista a um tratamento de beleza. Porém, muitas delas acabam recorrendo para o uso de produtos que nem sempre, contribuem para bons resultados. Tendo isso em vista, separamos algumas informações sobre os perigos do formol em cosméticos.

Conheça os riscos da escova progressiva com formol.

Conheça os perigos do formol nos cosméticos. (Foto: divulgação)

Saiba mais sobre o formol

A substância formol ou formaldeído é um composto claro e serve para diversas utilidades. Entre elas, ele pode ser encontrado em preservativos, conservantes e até antissépticos. No entanto, atualmente, o formol é encontrado em diversos cosméticos, incluindo as famosas escovas progressivas.

Motivo principal para o uso de formol em cosméticos capilares

O formol tem sido utilizado de forma indevida e em altas concentrações em cosméticos capilares. Seu uso tem como objetivo principal o alisamento dos cabelos, pois possui esta ação quando entra em contato com o fios de cabelo.

De olho na composição do produto

Com a moda dos cabelos lisos, muitas mulheres recorrem para a escova progressiva; uma forma simples e prática para realizar o alisamento das madeixas. No entanto, a maioria dos produtos utilizados para essa função, tem em sua composição, o formol. Esta substância, de acordo com a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), traz grandes consequências a saúde da mulher, inclusive colabora com a queda dos cabelos. Assim, é muito importante que a mulher esteja atenta à quantidade de formol permitido pela Anvisa que é equivalente a 0,2%, a qual não traz nenhum prejuízo a mulher.

Para ter o cabelo liso, muitas mulheres recorrem para a escova progressiva com formol. (Foto: divulgação)

Ficando livre de consequências futuras

Uma das melhores formas de evitar problemas com o formol, é pedir para o profissional dar informações sobre o produto que será utilizado. Além disso, é ideal avaliar se o produto é registrado pela Anvisa. Se a resposta for negativa, o cosmético pode conter substâncias proibidas, ou de uso restrito, em condições e concentrações inadequadas ou não permitidas e que acarretam riscos à saúde. Vale ressaltar que a venda e a utilização de produtos produzidos sem registro, é uma das principais causas de reclamações à vigilância sanitária.

Leia Também:  Suplementos musculares dos lutadores do UFC

Conheça mais sobre as reações adversas do formol

São várias e graves as reações que o uso do formol pode proporcionar. Entre as principais delas, podemos citar:

  • Irritação;
  • Vermelhidão;
  • Queimaduras;
  • Visão embaçada;
  • Dor de garganta;
  • Irritação no nariz;
  • Tosse;
  • Câncer de pele.

    A queda de cabelo é uma das consequências do uso de formol em cosméticos capilares. (Foto: divulgação)

Como foi mencionado anteriormente, o uso do formol pode trazer graves consequências à saúde da mulher. Após conhecer mais sobre os perigos do formol em cosméticos, basta ficar atento às composições dos produtos, de modo a evitar as reações.

Saiba qual é a escova progressiva recomendada pela Anvisa.

Top