Fogão – como escolher, dicas

O fogão se destaca como um dos principais elementos que compõem a cozinha. Ele é responsável pelo preparo dos alimentos e desempenha as funções…

Considere limpeza, funções, praticidade e suporte técnico para a escolha.

O fogão se destaca como um dos principais elementos que compõem a cozinha. Ele é responsável pelo preparo dos alimentos e desempenha as funções de cozinhar, fritar, refogar ou assar. Com tantos modelos sendo lançados nas lojas, fica complicado escolher a melhor opção.

É necessário considerar o ritmo da casa e as necessidades dos moradores para determinar o fogão ideal. As características de cada modelo são importantes no momento da escolha, tais como tamanho, funções, preços e acabamento.

Como escolher fogão?

Em primeiro lugar, leve em conta o número de pessoas que moram na casa para optar pelo número de bocas do fogão. Para quem tem uma família grande e costuma preparar assados, é recomendado o modelo de seis bocas. No caso de uma pessoa que mora sozinha ou um casal, então o fogão pode apresentar apenas quatro queimadores para dar conta das tarefas realizadas na cozinha.

Outro aspecto que precisa ser avaliado é o perfil dos moradores. Numa cozinha onde apenas as tarefas básicas são realizadas, torna-se desnecessário um fogão grande, potente e repleto de tecnologias. Já para as pessoas que apreciam o estilo de vida gourmet, é interessante ter em casa um fogão com várias funções.

O espaço disponível na cozinha também influencia na escolha, afinal, não dá para comprar um fogão enorme para uma área pequena. Depois de considerar as proporções, verifique qual modelo consegue se encaixar melhor no espaço. No caso de móveis planejados, é interessante apostar no fogão embutido para harmonizar a decoração.

Tipos de fogão

Fogão de piso

– Fogão de piso: trata-se do modelo tradicional, que normalmente funciona a gás. Influenciado pelas novas tecnologias, ele pode conter cinco bocas ou dois fornos. A facilidade para limpeza se tornou mais evidente nos últimos lançamentos, tal como o recurso de acendimento automático.

Fogão à lenha

– Fogão à lenha: este produto é perfeito para quem tem o hábito de fazer reuniões em família. Ele pode ser posicionado ao lado na churrasqueira na área externa ou mesmo na cozinha espaçosa. O fogão à lenha consegue deixar os pratos com um sabor especial, além de aquecer o ambiente. Para garantir o funcionamento, o morador terá que armazenar pedaços de madeira em casa.

Cooktop

– Cooktop: também chamado de fogão de mesa, ele apresenta um design diferenciado capaz de se adaptar as cozinhas pequenas. O número de bocas varia de acordo com o produto, indo de 1 a 5. O cooktop esquenta e esfria com facilidade, sendo caracterizado ainda por não possuir forno.

Fogão de embutir

– Fogão para embutir: apesar de possuir as mesmas características do convencional, ele se destaca pelo design arrojado que necessita de instalação numa cozinha planejada. É uma opção perfeita para os espaços pequenos, mas não pode ser mudado de posição nas reformas por causa da estrutura fixa.

Fogão industrial.

 – Fogão industrial: indicado para lugares onde a cozinha funciona o dia todo para preparar uma grande quantidade de alimentos. Escolas, hotéis e restaurantes costumam adotar este tipo de fogão, que podem chegar a 8 queimadores. Os modelos podem ainda ser classificados como resistentes e robustos.

Leia Também:  Dicas para escolher o fogão: modelos, cuidados

Top