terça-feira, 31 de janeiro de 2023 - 31/01/2023 17:37:48
MundodasTribos

Começou nesta sexta-feira, dia 20, o pagamento da 5ª parcela do auxílio emergencial às pessoas cadastradas no site, aplicativo ou CadÚnico, nascidas em janeiro e que não estão inscritas no Bolsa Família. 

O governo federal, em parceria com a Dataprev, a empresa de tecnologia que pertence à Previdência, realiza continuamente uma varredura dos dados com base nos cadastrados para apurar infrações e prevenir fraudes ao disponibilizar o auxílio. Dessa forma, muitas pessoas foram excluídas do auxílio emergencial, ficando sem direito a novas parcelas.

Veja quem pode ficar de fora das parcelas restantes do Auxílio Emergencial

Fonte/Reprodução: Governo do Espírito Santo

O que este artigo aborda:

Que motivos levam ao cancelamento do auxílio emergencial

Qualquer beneficiário do auxílio está sujeito a ter o registro cancelado. Se os dados forem inconsistentes, o titular pode perder os direitos de usufruto e não será capaz de obter a próxima rodada do benefício. 

Os contemplados pelo auxílio emergencial podem ter o registro cancelado se começar a receber alguma ajuda previdenciária, como seguro-desemprego, se receber qualquer repasse do governo que não seja o Bolsa Família, se for militar, se pertencer a classe média ou outro grupo excluído de concessão do auxílio, ou ter sido contratado formalmente (com carteira assinada). 

A família que possui renda acima de meio salário mínimo por membro, e a família que recebe mais de três salários mínimos, não estão aptas a receber o auxílio. Os obrigados a prestar pagamento do Imposto de Renda e seus dependentes podem receber o benefício.

Quem foi contemplado pelo auxílio em 2020 e não movimentou a quantia teve o direito ao recebimento bloqueado. A população carcerária não pode receber o valor. Também não devem receber, pessoas que moram fora do país e estagiários, residentes de medicina e quem recebe bolsa de estudo.

Como saber se tive o cadastro cancelado?

Para saber se ainda estão na lista para receber o auxílio, o cidadão deve acessar o site de consultas do Dataprev. Na tela inicial, precisará preencher o campo com nome completo de quem recebe, data de nascimento, número do CPF e nome da mãe (se houver). Após isso, será possível ver a situação. Caso mostre que o auxílio emergencial foi bloqueado, a pessoa terá um prazo de até 10 dias para apresentar contestação e a documentação necessária, solicitando uma nova revisão, que pode ser favorável ou não.

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Felipo Bellini

Empresário, Tradutor e professor formado em Letras Inglês. Atualmente gerencio a empresa Tutora.me - Uma rede social de educação que visa a interação entre professores e alunos - e a empresa Traduza.biz - especializada em tradução acadêmica.

1

Pode ser do seu interesse

Rastreador Pósitron Preço, Login

Rastreador Pósitron Preço, Login

Kia Sportage 2012

Kia Sportage 2012

Curso De Leitura Dinâmica EAD

Curso De Leitura Dinâmica EAD

Gelo Pode Queimar a Pele

Gelo Pode Queimar a Pele

Cursos Técnicos com Descontos em SP, RJ, BH, GO

Cursos Técnicos com Descontos em SP, RJ, BH, GO

Bolsa de iniciação científica Júnior de 1 mil no Auxilio Brasil: Veja quem pode ser contemplado

Bolsa de iniciação científica Júnior de 1 mil no Auxilio Brasil: Veja quem pode ser contemplado