Estudantes que invadiram USP serão indiciados

Um total de 73 alunos que foram detidos pela polícia na reintegração de posse do prédio reitoria da Universidade de São Paulo (USP) serão…

Um total de 73 alunos que foram detidos pela polícia na reintegração de posse do prédio reitoria da Universidade de São Paulo (USP) serão indiciados por danos ao patrimônio público e desobediência à ordem da Justiça, já que não deixaram de forma pacífica o prédio da universidade dentro prazo estipulado, que era até às 23h de ontem (7). Além disso, o devido às pichações nas paredes do prédio. Segundo a vistoria, câmeras e portas da reitoria também foram quebradas pelos jovens.

Com isso, de acordo com o delegado Dejair Rodrigues, os alunos só deixarão o1° DP (Ceasa), onde estão detidos, depois que pagarem a fiança de R$ 1.050,00 cada.  9 estudantes devem responder por danos ambientais, Rodrigues acrescentou ainda que os estudantes terão suas situações financeiras avaliadas pela autoridade policial para que, se for caso, seja estipulado um valor que reflita suas condições.

O bando também deverá ser investigado por formação de quadrilha, segundo o delegado. Foram encontrados também dentro das salas onde os invasores estavam sete garrafas de coquetel molotov, seis caixas de morteiros e um galão de gasolina.

O edifício que foi invadido na quarta-feira passada (2), precisou que a Justiça determinasse reintegração de posse até às 23h desta segunda-feira (7). Os alunos reivindicam o fim do acordo entre a universidade e a Polícia Militar, que cuida da segurança no local, depois que três estudantes foram presos fumando maconha dentro de um carro no campus.

Top