Erros mais comuns ao usar a camisinha

O único método de prevenção contra o vírus da AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis, além de evitar a gravidez indesejada, é usar a…

Por Editorial MDT em 29/02/2012

Prefira as camisinhas com selo do Inmetro, elas são testadas e aprovadas

O único método de prevenção contra o vírus da AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis, além de evitar a gravidez indesejada, é usar a camisinha de maneira correta. É fundamental observar uma série de detalhes para que a eficácia do preservativo seja garantida. Os cuidados começam muito antes da cama, isso porque na hora de comprar o produto é muito importante estar atento a alguns detalhes como: se ela possui o selo do Inmetro e se foi testada e aprovada. Fique atento,  pois alguns sex shops vendem camisinhas divertidas, mas que não servem para a proteção por não terem qualidade comprovada, são quase que apenas decorativas.

Conheça os erros mais comuns que acontecem ao usar a camisinha

  • Não é recomendado que se abra a embalagem com a boca. Isso porque a camisinha tende a rasgar. O melhor mesmo é utilizar as mãos;
  • Guarde o produto bem longe do sol e do calor. Muito tempo na bolsa ou carteira pode estragar o preservativo;
  • Observe sempre a data de validade. Quanto mais velho, mais desgastado estará o látex e maiores os riscos de ruptura;
  • Prefira sempre os preservativos lubrificados;
  • A camisinha deve ser colocada pouco antes do contato entre o pênis e a vagina. Não a coloque muito tempo antes, pois diminui a lubrificação e aumenta o risco de rompimento;

Nunca reutilize a camisinha

  • O “bico” do preservativo serve de depósito para o esperma e não deve ficar esticado. Aperte delicadamente para retirar todo o ar antes de desenrolar a camisinha já no corpo;
  • Coloque o preservativo assim que o membro ficar ereto e retire logo após a ejaculação, isso evita vazamentos e transmissão de doenças;
  • Cuidado para não colocá-la pelo avesso. Um pouco de atenção resolve o problema, pois ela já vem preparada para ser desenrolada da forma correta;
  • Caso coloque o produto do lado errado, jogue-o fora e coloque um outro;
  • Nunca passe óleo, vaselina, cremes ou outras substâncias que não sejam água ou à base de água no preservativo. A maioria vem lubrificada e não necessita de mais lubrificação. Se for o caso, use óleos sempre à base de água;
  • Usar duas camisinhas ao mesmo tempo é muito arriscado. O atrito provoca rasgos e furos no preservativo. Uma é o suficiente;
  • Não fique horas fazendo sexo com a mesma camisinha, porque a vagina pode ressecar e por conta do atrito o preservativo pode se romper. Troque-o várias vezes;
  • Nunca reutilize a camisinha;
  • É raro, mas alguns homens conseguem ejacular e continuar a relação sexual sem pausas. Se houve ejaculação e vocês desejam continuar, sempre troque a camisinha. Lave o pênis e as mãos antes de colocar um novo preservativo;
  • Não pense que a camisinha pode diminuir o prazer, isso não é verdade. Ela pode mecanicamente aumentar o prazer se for adequadamente usada, diminuindo o atrito, portanto prolongando o tempo da penetração. Dessa forma o homem leva mais tempo para ejacular, o que aumenta o prazer para ambos.
  • A camisinha é o único método de prevenção contra o vírus da AIDS

Não se esqueça das dicas para não colocar o preservativo de forma errada. Pense sempre na sua saúde. Use camisinha sempre.

Top