Energia solar – vantagens e desvantagens

A produção de energia solar é 4 milhões de vezes maior do que a quantidade em que consumimos. O astro rei produz na sua…

Por Élida Santos em 23/12/2011

O uso da energia solar é uma alternativa para economizar a longo prazo (Foto: Divulgação)

A produção de energia solar é 4 milhões de vezes maior do que a quantidade em que consumimos. O astro rei produz na sua parte interior mais energia, em apenas um segundo, do que foi utilizada em toda história da humanidade, ou seja, a produção enérgica do sol é 15.000 vezes maior que o consumo de todo planeta. Porém, 15% da energia que chega a Terra, emitida pelo sol, é refletida literalmente para o espaço. Já os outros 30% são perdidos durante o processo de evaporação da água, responsável pelas chuvas. As plantas também absorvem a energia solar, além dos oceanos e da terra. A energia que sobra garante o equilíbrio do planeta, sendo mantida sob a forma de radiação.

A chuva e outras alterações climaticas podem comprometer a produção de energia solar (Foto: Divulgação)

A energia solar está presente no nosso dia-a-dia gratuitamente, mas porque que não é aproveitada como deveria? O grande problema do uso da energia solar é o método de capacitação, pois ela apresenta-se de maneira disseminada, o que exige a instalação de equipamentos que não são muito acessíveis. A grande vantagem da energia solar é que ela não produz poluentes durante a sua emissão, sendo assim, considerada uma energia limpa, que possui quase que nenhum impacto sob o meio ambiente. A poluição atribuída a energia solar é referente a produção dos seus equipamentos.

Um dos pontos negativos da energia solar são os valores da placas de captação (Foto: Divulgação)

O uso da energia solar demanda pouco gastos com a manutenção dos equipamentos necessários para a captação da energia, além disso, apesar do investimento inicial ser relativamente alto, a médio e longo prazo, o uso da energia solar é bastante econômica, ainda mais em países como o Brasil, que possui grandes centros de produção elétrica, e se o uso da energia solar for intensificada o uso da energia elétrica vinda das hidrelétricas diminuirá. Outra vantagem é que em locais de difícil acesso a eletricidade a energia solar pode ser uma boa solução, pois no Brasil, por exemplo, o sol atinge todos os pontos da nação o ano todo com bastante intensidade.

Mas o uso da energia solar possui também desvantagens, por exemplo, o painel que é utilizado para fabricar energia consome mais energia em seu processo de produção do que pode gerar. Além disso, existe variação na produção de energia de acordo com a situação atmosférica e durante o período noturno não há sol para produzir energia, o que obriga o consumidor a ter meios de armazenamento de energia, que são pouco eficientes. Por isso, o ideal é utilizar o uso da energia solar parcialmente, em chuveiros e algumas tomadas da casa para baratear o consumo.

Top