Dieta das cores: como funciona

Aprenda a fazer a Dieta das Cores que é super fácil e emagreça com saúde apenas colorindo o prato com alimentos ricos em proteínas, minerais, vitaminas e mais. Veja!

Por Redacao em 04/02/2012

Quem quer perder alguns quilinhos não precisa passar fome ou fazer imensos sacrifícios que algumas dietas cobram. Em meio a tantos regimes a dieta das cores pode ser a que mais dá resultados significantes e não causa danos a saúde. Saiba como fazê-la e o modo de avaliar os alimentos que você está ingerindo através das cores.

Dieta das Cores (Foto: Divulgação)

Como fazer?

Para fazer a dieta das cores é bem fácil, basta você fazer pratos bastante coloridos na hora da refeição e avaliar os alimentos pelas cores para saber as substâncias que eles têm e o bem que eles estão fazendo para o organismo. Mas como saber avaliar os alimentos? Veja e aprenda: 

Alimentos e Cores 

Todos os citados a seguir são ideais para emagrecer com saúde além de outros benefícios que eles trazem para a pessoa.

Deixe o prato bem colorido e emagreça com saúde (Foto: Divulgação)

Branco: os alimentos que são brancos têm pigmento flavina que indica que eles são ricos em vitamina B6, minerais, carboidratos e outros que fazem bem a saúde. Alimentos dessa cor ajudam na defesa orgânica, elasticidade dos músculos e na formação e manutenção dos dentes. Alguns para a dieta: alho, cogumelo, cebola, couve-flor, chuchu, mandioca, feijão branco, nabo, rabanete, pêra, banana e maçã.

Verde: pigmento verde nos vegetais indica clorofila que é um ótimo energético celular e ajuda a potencializar nutrientes encontrados em alguns vegetais como a vitamina C, por exemplo. Comer brócolis, ervilha, espinafre, quiabo, repolho, pimentão verde, alface, pepino, abobrinha, kiwi e abacate é uma boa para deixar sua alimentação saudável. 

Vermelho: eles contêm vitamina C e previnem doenças como câncer e estresse. A maioria dos alimentos dessa cor são frutas que por sinal são deliciosas e indicadas para a dieta como: caqui, cereja, framboesa, goiaba, melancia, morango, nectarina, pitanga, romã e tomate também outros como beterraba e pimentão.

Cada cor representa um nutriente importante (Foto: Divulgação)

Amarelo: alimentos amarelos e alaranjados contêm vitamina A e são bons para manutenção dos tecidos e cabelos. Os amarelos também são ricos em vitamina C. Coloque nas suas refeições milho, pimentão amarelo, abóbora, cenoura e coma frutas como pêssego, mamão, abacaxi, tangerina e outros.

Preto ou Roxo: ricos em vitamina B1 que deve estar presente no cardápio do dia-a-dia de toda pessoa: alcachofra, repolho roxo, berinjela, feijão preto, figo, jabuticaba, ameixa, amora, uva além de gostosos ajudam você na dieta.

Marrom: com fibras que são ótimos para o bom funcionamento do intestino e vitaminas E você encontra nos alimentos como feijão, arroz e pão integral, soja, pinhão, amêndoas, amendoim, canela, castanha, cevada e muito mais outros.

Comece a fazer a dieta das cores comendo de forma saudável (sem exageros) e pratique exercícios. Para melhor orientação procure um nutricionista.

Top