Saiba como explicar o divórcio para as crianças

Muitos casais não aguentam mais viver juntos e decidem separar-se, mas aí vem o dilema: como explicar aos filhos? Deixar tudo bem explicado é um caminho. […]

Por Redacao em 31/10/2011

A separação de um casal não envolve apenas o distanciamento entre eles, mas também o afastamento dos filhos, que geralmente sentem demais esse momento familiar, geralmente um pouco conturbado. Nisso tudo, muitos tentam esconder alguns detalhes e outros simplesmente brigam o tempo inteiro na frente das crianças. Como então explicar o divórcio a elas?

O ideal é que haja esclarecimento integral e feito com muita calma. É bastante comum ver o pai falando mal da mãe para o filho e vice-versa. Após a decisão do divórcio, os responsáveis devem sentar em família e colocar todas as cartas na mesa. Somente a mais pura transparência é que vai garantir uma certa paz em um momento naturalmente conturbado, por ser de uma reconstrução da rotina.

Mas como falar os pormenores? Como é que uma criança ou adolescente vai entender tal nova posição dos membros da família? A conversa deve ser feita conforme a idade dos filhos. De acordo com esse critério, é que será definida a linguagem que será usada para fazê-los entender que os cônjuges estão separando-se. O principal é deixar claro que o amor de pai e de mãe nunca vai deixar de existir e que o filho sempre terá a cobertura desse sentimento pela parte dos dois.

Outro cuidado não menos importante que se deve ter ao falar de fim de casamento é não colocar a culpa em ninguém. Essa sensação é péssima para a criança que está vendo que sua família está mudando de figura. Mas como assim mudando de figura? Porque ao falar que a família está acabando, que é o fim, é aterrorizar o ocorrido, é deixar marcas de medo e de tristeza no coração da criança. Ao contrário, o pai vai estar ali presente, a mãe também, então o amor não vai deixar de existir entre pais e filhos e a concepção que se tem de família atualmente está ligada aos elos entre os membros do que a própria presença de pai, mãe e filho sob o mesmo teto.

O divórcio é uma realidade para muitos casais e no momento em que ele ocorre, os filhos podem sentir muita tristeza. Mostrar a eles que a vida é feita de altos e baixos, que as coisas mudam e que nem tudo são flores, também é uma oportunidade de ensinar algo em meio a um momento tão decisivo e importante.

Top