Dicas para mudar hábitos alimentares da criança

Algumas crianças são seletivas na alimentação e não querem comer alimentos saudáveis. Porém, é preciso mudar esse hábito. Afinal, isso pode comprometer o crescimento…

Algumas crianças são seletivas na alimentação e não querem comer alimentos saudáveis. Porém, é preciso mudar esse hábito. Afinal, isso pode comprometer o crescimento e se transformar em obesidade infantil. Pensando nisso, selecionamos dicas para mudar hábitos alimentares da criança. Confira:

A alimentação saudável deve ser inserida aos poucos para as crianças. (Foto: divulgação)

Alimentação infantil

A obesidade é um problema que atinge 6,6% das crianças brasileiras entre 0 e 5 anos. Porém, esse número aumenta significativamente para 30% entre 5 e 9 anos. O sobrepeso atinge também cerca de 20% dos jovens entre 10 e 19 anos.

Segundo informações de IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o problema tem sido cada vez pior, pois o excesso de peso nas crianças pode gerar doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes e câncer na fase adulta. Por isso, é indispensável que os pais fiquem de olho na alimentação dos filhos.

Aposte em alimentos criativos. (Foto: divulgação)

Veja também dieta infantil, cuidados com a alimentação da criança 

Dicas para mudar hábitos alimentares da criança

1. Nunca obrigue a criança a comer o que não faz parte das refeições da família. Ou seja, se você não come beterraba, certamente ela também não comerá;

2. Os legumes e verduras são muito importantes. Estimule a criança a comer esses alimentos. Prepare tortas nutritivas, misture os legumes ao arroz, faça cremes e use sua criatividade;

3. As crianças jamais deixarão de lado fast food do cardápio. Por isso, é preciso dosar para os finais de semana;

4. O ambiente precisa ajudar. Evite confusões na hora de fazer as refeições, desligue a TV e o rádio;

5. Peça para a criança ajudar a preparar a refeição. O interesse pelos novos sabores desperta a curiosidade dos pequenos;

Leia Também:  Manteiga de murumuru para cabelos: benefícios, como usar

6. Evite alimentos doces e coloridos artificialmente. Eles são prejudiciais à saúde e desenvolvimento físico e cognitivo da criança;

7. Estimule a criança a comer bem devagar, saboreando os alimentos, colocando pequenas quantidades de cada vez;

8. Durante a alimentação o consumo de bebidas deve ser moderado, já que a criança troca facilmente a refeição por sucos ou refrigerantes.

Fazer com que as crianças participem do preparo dos alimentos pode fazer com que elas gostem dos mesmos. (Foto: divulgação)

Veja também alimentação saudável na infância, dicas para a criança comer melhor

A alimentação saudável é muito importante para o crescimento e desenvolvimento da criança. Além de prevenir vários problemas na infância, ela evita também várias doenças na fase adulta. Por isso, é essencial mudar os hábitos alimentares da criança.

 

Top