Dicas para melhorar a relação entre cães e gatos

Existe um mito que diz que os cães e os gatos são inimigos naturais, mas isso é apenas uma ideia equivocada. Eles não possuem…

Por Redacao em 18/02/2012

Com as dicas certas cães e gatos podem ser amigos(Foto:Divulgação)

Existe um mito que diz que os cães e os gatos são inimigos naturais, mas isso é apenas uma ideia equivocada. Eles não possuem uma relação entre caça e caçador, ambos são caçadores e por apresentarem esta caractrística eles acabam por competir pelo território e a rivalidade é causada por isso.

Para cuidar de um cão e de um gato em um mesmo lar é aconselhável que se inicie quando eles ainda forem filhotes, pois as controvérsias e disputas só se iniciam quando adultos. Esses animais tão diferentes possuem formas de vida divergentes, então é provável que quando um gato for aproximado de um cão existam algumas reações adversas. Por exemplo, os gatos podem eriçar os pelos quando ouvir o latido do cão ou apenas ficar curioso e ir conhecer um futuro companheiro.

Acostume o seu cão com a presença do seu gato (Foto:Divulgação)

Porém se pretende criar um gato ou um cão quando um dos dois já adulto, algumas precauções deverão ser tomadas para evitar problemas mais graves.

Primeiramente pode ser feito um encontro entre ambos os animais, é aconselhável que aquele que for mais novo no lar fique no colo do dono, assim o animal em questão se sentirá mais seguro. Caso haja alguma reação agressiva e de estranhamento entre eles afaste os animais e tente mais uma vez em outro momento quando já estiverem mais calmos.

Lembrando que a paciência e a persistência são muito importantes no momento das tentativas de socialização entre ambas as espécies. Uma apresentação saudável é aquela onde o dono fica vigiando e observando as reações tanto do cão como do gato, se não houver um certeza de paz entre eles evite-os mantê-los juntos quando não estiver por perto.

Os gatos, principalmente, precisam de certo tempo para habituar-se aos sons e costumes do cão e vice-versa. Deixe que cada um tenha um espaço próprio, assim a briga por território poderá ser minimizada. Depois dos espaços escolhidos e acostumados, troque os animais de lugares, dando a oportunidade de conhecer o cheiro do outro.

Após essa adaptação dos cheiros, faça algumas atividades com ambos os animais, deixando-os em um mesmo espaço e com interação conjunta, com direito a lanchinhos e brindes. Para que o gato se sinta mais confortável, deixe sempre um lugar que sirva para fuga caso a situação possa vir a ser de agressão ou estranhamento.

Melhore a convivência entre seu cão e seu gato(Foto:Divulgação)

É uma ótima ideia se no momento em que os dois animais ficarem comportados quando estiverem juntos uma recompensa poderá ser dada. Assim a situação muda um pouco seu foco, pois eles irão se preocupar com as guloseimas e não com a briga por território ou por ciúmes.

Existe a possibilidade deles não se tornarem grandes amigos, mas eles estarão em harmonia, sem brigas ou conflitos. Essa situação de harmonizar a convivência entre cães e gatos poderá demorar alguns dias, ou até meses, dependendo da raça ou da forma criação que os animais tiveram. A paciência e a perseverança são o segredo.

Top