Dicas para depilar o buço

Já dizia o velho ditado: “com mulher de bigode, nem o diabo pode!”. Brincadeiras à parte, o famoso bigodinho feminino incomoda demais. Para as…

Já dizia o velho ditado: “com mulher de bigode, nem o diabo pode!”. Brincadeiras à parte, o famoso bigodinho feminino incomoda demais. Para as mulheres, eles são inadmissíveis; para os homens, não menos. Muitos não sabem, mas essa região é chamada “buço” – um nome que soa tão desagradável quanto os pelos que nele surgem -. É preciso eliminá-los! Para isso, existem algumas alternativas. Cada uma delas oferece vantagens e desvantagens. Além disso, também é preciso ter atenção com alguns detalhes, antes da depilação. Veja algumas dicas para depilar o buço.

A depilação com cera também pode ser feita, em casa (Foto: Divulgação)

Técnicas para depilar o buço

Existem, basicamente, 5 formas de depilar o buço. Saiba um pouco mais sobre elas e quais as suas vantagens e desvantagens.

– cera: a cera é uma velha conhecida das mulheres. Ela pode ser fria ou quente e também pode ser usada para depilar o bigodinho. Você pode fazer isso num salão de beleza ou pode comprar a cera, em lojas de cosméticos, fazendo o trabalho, em casa. A vantagem deste tipo de produto é que ele retira muitos pelos, de uma só vez. A cera quente ajuda a dilatar os poros, facilitando a retirada dos pelos; porém, pode manchar a pele, pois estimula a produção de melanina, na região que sofre com o impacto. Já a cera fria pode ser uma pouco mais dolorida, porém promete manchar menos;

– creme depilatório: é aquele creme, que acaba derretendo os pelinhos. Ele funciona como uma espécie de gilete, já que não retira os pelos do buço pela raiz. É um método indolor, porém pode causar alergias, já que tem uma composição forte;

Depilação com linha dói um pouco, mas é bem simples (Foto: Divulgação)

– pinça: todas as mulheres conhecem, muito bem. A pinça é, praticamente, inofensiva. A desvantagem é precisar retirar um a um os pelos, passando por um processo mais prolongado de dor;

Leia Também:  Racco cosméticos

– depilação com linha: também chamada “depilação egípcia”, esta técnica consiste em retirar os pelos, por meio de uma linha comum, que, ao ser enrolada e desenrolada, prende os pelos, arrancando-os. A dor é grande, mas o procedimento não oferece nenhuma contraindicação;

– mola depilatória: conhecida como “My Spring it”, é uma mola, que lembra um cotonete. Ao dobrá-lo sobre o buço, ele prende os pelos. É tão inofensivo, quanto a pinça ou a linha e não é tão doloroso.

Dicas para depilação do buço

As molas também são bastante usadas e quase não causam dor (Foto: Divulgação)

Sempre que for depilar o buço, procure preparar a pele. Faça esfoliações, alguns dias antes, removendo impurezas do buço. Caso escolha a pinça, a linha ou a mola, vale a pena colocar uma compressa de água morna, momentos antes da depilação. Isso ajuda a abrir os poros, facilitando a saída dos pelos. Em qualquer das técnicas utilizadas, sempre use algum produto especial, pós-depilatório. Ele ajuda a diminuir a vermelhidão e auxilia na hidratação de pele agredida.

Saiba mais sobre os efeitos desta depilação: Problemas causados pela depilação do buço

Aprenda a fazer a depilação com linha: Depilação com linha: como fazer, passo a passo

Top