Dicas para Controlar os Gastos com Cartão de Crédito

Às vezes, parece que a gente trabalha, trabalha, trabalha e não consegue pagar tudo aquilo que a gente tem para pagar. O que será…

Dicas para controlar os gastos com cartão de credito

Às vezes, parece que a gente trabalha, trabalha, trabalha e não consegue pagar tudo aquilo que a gente tem para pagar. O que será que está acontecendo com a gente quando chegamos nesse ponto? Bom, perguntamos para economistas que afirmaram que o nosso erro está na má administração do nosso dinheiro, na forma equivocada como nós gastamos o mesmo e na forma como não temos controle de nada.

O cartão de crédito é um dos grandes vilões no rombo que sofremos todos os meses se não soubermos administrar o mesmo da forma correta e efetiva. Pensando assim, como é que devemos fazer para ter o cartão de crédito dentro do limite que podemos gastar? Bom, a primeira dica começa aqui: tenha seus gastos sob controle.

Sempre que você receber, tenha anotado o total desse valor e de todas as contas que você tem para pagar. Com isso, você tem que constantemente subtrair aquilo que você deve desse total. O que acontece com o cartão de crédito é que a gente vai usando e vai usando e vai usando e você não a vai anotando para ver se naquele mês você vai ter todo o dinheiro para pagar o total que irá vir.

Por isso que é importante você guardar e anotar o quanto você está gastando para que você tenha a provisão do quanto você terá que pagar nesta fatura. E isso não é só com o cartão de crédito, mas os demais cartões que você tenha como o das Pernambucanas, Casas Bahia, e demais lojas que oferecem esse cartão para facilitar a sua forma de pagamento e você vai usando sem perceber e quando vê, o juro e a mora está consumindo o seu pagamento.

Dicas para controlar os gastos com cartão de credito

Outra dica que vale a pena, se você não quer ter um controle excessivo, então você subtraia suas contas do seu salário e veja na realidade o que você tem para gastar e procure a sua agencia e reduza o limite do seu cartão de credito para aquele valor, por exemplo, se você tem até R$ 400 reais para gastar, o ideal é que você tenha um limite de no máximo R$ 400 reais, no máximo.

O ideal ainda seria que o seu limite fosse de R$ 300 e que você usasse esses R$ 100 para alguma emergência, e enquanto essa não vinha, depositasse o mesmo numa conta poupança para que você consiga ir rendendo alguns juros. Assim você consegue ter um controle maior e melhor dos seus gastos e equilibrar toda a sua vida, estruturar todas as suas dividas financeiras. O cartão de crédito é algo que você tem que tomar muito cuidado para que você não fique na mão dele. Outra coisa que você tem que tomar bastante cuidado é com o valor da fatura total e o valor da fatura mínima.

O juro do banco é um dos mais altos que podemos contar e por isso, é sempre importante que você tenha em mente que se você usar o saldo que você tiver você tem que pagar o mesmo, isso porque em alguns bancos, o juro do pagamento mínimo da fatura chega até 13%, o que acaba atropelando toda a sua vida financeira. O que nos aconselhamos se você vir que não consegue pagar o valor total da fatura é que você ligue na central de relacionamento com o cliente e consiga parcelar o valor total dessa fatura que o juro nesse caso cai na metade, muitas vezes é de até 7%.

Você tem que ter todo o cuidado quando o assunto é cartão de credito, não pode deixar as contas atropelarem e nem deixar de pagar nenhuma para que depois não vire uma bola de neve e você não consiga sair dessa tão cedo. As dicas estão aí e são bem simples de serem realizadas, como podemos ver. Basta que você tenha um pouco mais de concentração de organização para que o resultado seja satisfatório para as duas partes.

Top