segunda-feira, 26 de setembro de 2022 - 26/09/2022 05:43:26
MundodasTribos

À primeira vista, o Ministério da Cidadania passou a enviar mensagens de texto para o celular de mais ou menos 627 mil pessoas, para fazer o trabalhador devolver o auxílio emergencial pago de forma indevida. 

O que este artigo aborda:

Quem recebe a mensagem sobre a devolução do auxílio emergencial?

Beneficiários que receberam os valores indevidos do Auxílio Emergencial, que no caso seriam aposentados, pensionistas, e trabalhadores que declararam Imposto de Renda da Pessoa Física do 2020, ou seja, o DARF foi gerado e devem devolver os valores do Auxílio Emergencial.

Como reconhecer as mensagens do Governo sobre a devolução?

Ao grupo que recebeu o Auxílio Emergencial sem se encaixar nas regras, saiba que chegará um SMS com o seguinte dizer: “O CPF ***.854.324-** possui pendências e deverá realizar a devolução de parcelas do Auxílio Emergencial. Devolva as parcelas no site gov.br/devolucaoae. Qualquer indicio de fraude denuncie em gov.br/falabrae.

627 mil brasileiros são notificados por mensagem para devolver o auxílio emergencial

Fonte/Reprodução: Original

Beneficiários do Bolsa Família que receberam o Auxílio Emergencial sem se encaixar nas regras, receberão a mensagem seguinte: “O NIS ***74598*** possui parcelas que precisam ser devolvidas do Auxílio Emergencial. Devolva as parcelas em gov.br/devolucaoae. Para fraudes, denuncie através do gov.br/falabrae.

Os grupos que declararam IRPF e DARF emitidos, e que solicitaram o Auxílio Emergencial através do aplicativo Caixa receberão uma mensagem que seguirá este modelo: “O CPF ***.645.243-** que possui DARF do Imposto de Renda em aberto com relação ao Auxílio Emergencial. Pague os valores referentes ou denuncie por fraude. Acesse gov.br/dirpf21ae”.

Para os demais beneficiários inseridos no CadÚnico e participam do Bolsa Família, e que foram verificados com declaração de IRPF em 2021 com as DARFs já emitidas e não pagaram, a seguinte mensagem será enviada: “Consta DARF do Auxílio Emergencial no seu Imposto de Renda ao CPF ***.756.135-**. Pague o valor solicitado ou denuncie por fraude. Acesse gov.br/dirpf21ae”.

De que forma devolver o auxílio emergencial?

No geral, quem possuir pendências com relação ao Auxílio Emergencial, deverão acessar diretamente o site gov.br/devolucaoae e colocar o CPF. A partir do momento em que preencher todas as informações, a GRU será emitida, para que finalmente o cidadão possa realizar o pagamento através do Banco do Brasil ou demais pontos de autoatendimento, além de guichês de caixas nas agências ou em qualquer banco.

Como denunciar fraudes do auxílio emergencial?

Para fazer a denúncia de fraudes, o site é o fala.br. O cidadão deve comunicar a Ouvidoria, de modo que fale sobre atos ilícitos e o uso indevido de dados por terceiros. Será importante esse tipo de comunicado.

O conteúdo "627 mil brasileiros são notificados por mensagem para devolver o auxílio emergencial" foi feito por Felipo Bellini e distribuído por MundodasTribos na categoria Economia em .

Felipo Bellini

Empresário, Tradutor e professor formado em Letras Inglês. Atualmente gerencio a empresa Tutora.me - Uma rede social de educação que visa a interação entre professores e alunos - e a empresa Traduza.biz - especializada em tradução acadêmica.

1

Pode ser do seu interesse

Declaração simplificada de IR: saiba mais

Declaração simplificada de IR: saiba mais

Como controlar as despesas pessoais

Como controlar as despesas pessoais

Veja as 10 melhores cidades para investir em imóveis

Veja as 10 melhores cidades para investir em imóveis

Renda Extra: Como fazer vela em casa e vender passo a passo

Renda Extra: Como fazer vela em casa e vender passo a passo

Lista de beneficiários do Cartão Gás é divulgada

Lista de beneficiários do Cartão Gás é divulgada

Empréstimo Consignado – Simulação

Empréstimo Consignado – Simulação