Curiosidades sobre a muralha da China

Redacao 28/12/2011 Entretenimento

A Grande Muralha da China foi construída por ordem de um imperador Chinês em 221 a.c – e atualmente serve como atração turística na China. Em concursos informais ela já foi considerada uma das sete maravilhas do mundo. Atualmente, pouco restou dos diversos quilômetros de Muralha, no entanto, muitas curiosidades são ditas ao seu respeito, saiba algumas delas:

A Muralha da China não é visível da lua
Isto é um mito que se perdurou durante anos – a verdade é que a muralha não pode ser vista da lua, entretanto a única maneira de vê-la a olho nu do espaço, seria a bordo de um veículo espacial, porém em perfeitas condições de visibilidade, e sabendo exatamente a sua localização.

Ela é composta em várias partes
A ideia de uma Muralha única não existe, o fato é que toda a extensão da Muralha é feita de vários trechos conectados e construídos por diferentes dinastias, durante 2.000 anos. Entre os trechos mais visitados está a Seção Badaling, por ficar próxima da capital Beijem,  liberada para visitação desde 1957.

 

Mortes em sua construção
O número de pessoas que participaram da construção da Grande Muralha chega a um milhão, e quem preenche este número são os escravos e prisioneiros de guerra. Alguns registros informam que muitos deles morreram de exaustão, ou vítimas de alguma doença no local – o que fez a muralha ser chamada de cemitério mais longo do planeta. Segundo alguns historiadores, cada metro linear em alguns trechos da Grande Muralha, custou a vida de três pessoas.

A extensão da Muralha
Segundo os Chineses, a Muralha possui em torno de 10.000 li, inclusive eles a chamam de “Muralha de 10.000 li” (1 li = 530 metros). Alguns cálculos apontam que ela se estendia por aproximadamente 6.450 quilômetros. Quando completa, ela era tão extensa que atravessava campos, desertos e montanhas. Nos trechos que ainda estão em pé, sua altura ultrapassa 7 metros e sua largura é de 5 metros.

 

Sua Utilidade
Ela não servia apenas como Muralha, pois a cada 300 a 500 metros, ao decorrer de sua extensão foram construídas diversas plataformas e torres de vigia. Essas plataformas e torres tinham a intenção de servir como locais de vigilância e observação, ou até mesmo como postos de batalha, ou para armazenamento de armas e locais para colocação de bandeiras de sinalização. Ao todo se presume que tenham sido construídas mais de 10.000 torres.

Materiais usados em sua construção
No início, ao invés de serem usados tijolos em sua construção, os materiais usados para erguer a grande Muralha foram terra, pedra, e madeira. Nas proximidades de Beijem, a Muralha foi constituída de pedra calcaria em blocos. Outras partes foram construídas de granito e tijolos queimados, e outras praticamente de lama e barro.

Outros artigos

Cursos gratuitos Recife PE 2013

15/01/2013

Cursos gratuitos Recife PE 2013

Nessa terça-feira, 15 de janeiro, a Secretaria de Educação do Recife abriu as inscrições para 48 capacitações profissionais gratuitas, que serão ministradas na rede ...

Olympus Câmera Digital

10/12/2009

Olympus Câmera Digital

As câmeras digitais possibilitam uma serie de recursos úteis, por exemplo, agora você não precisa mais se preocupar com a quantidade do filme, pois as fotos são ...