Editorial MDT 29/11/2012 Entretenimento

Caco Barcellos é  jornalista e repórter brasileiro que se especializou no jornalismo investigativo, fazendo matérias e documentários voltados para a violência das grandes cidades e a injustiça social.

O jornalista possui uma carreira de grande sucesso na televisão e nas revistas, tendo passado pelos melhores meios de comunicação do Brasil, e ainda conta com vários livros-reportagens em seu currículo:

Abusado: O dono do morro Dona Marta (Foto: Divulgação)

Abusado: O dono do morro Dona Marta

Em ‘Abusado – O dono do morro Dona Marta’, Caco conta a história de Marcinho VP, um dos comandantes da facção criminosa Comando Vermelho, mostrando o que verdadeiramente ocorre no comando do tráfico e o que pensa e sente Marcinho, um homem rico, ‘poderoso’, temido e triste.

Sinopse: “ABUSADO, livro-reportagem de Caco Barcellos, é uma verdadeira lição sobre a lógica, os meandros e o modus operandi das grandes corporações criminosas que comandam o tráfico de drogas e outras atividades criminosas no Estado. Através da história de Juliano VP (codinome de um conhecido traficante carioca) – sua infância, adolescência, entrada e ascensão no tráfico de drogas na favela Santa Marta (em Botafogo, bairro de classe média) -, temos um retrato histórico da ocupação do morro pelo Comando Vermelho, principal facção criminosa no Estado, e da implantação de sua cruel disciplina.”

Rota 66: A História da Polícia que Mata (Foto: Divulgação)

Rota 66: A História da Polícia que Mata

Lançado em 2003, o livro de Caco Barcellos retrata as mortes ocorridas nas mãos de policiais da ROTA. Após confrontar dados de milhares de pessoas que morreram nas mãos de policiais sem nem ao menos causar risco a sociedade, Caco Barcellos decidiu investigar a situação e descobriu um submundo de extermínio.

Sinopse: “O jornalista Caco Barcellos investigou durante 5 anos o esquadrão da morte que age na cidade de São Paulo. Ele mostra como é o sistema de extermínio e seus métodos de atuação e como o sistema incentiva esse tipo de ação por parte dos agentes da ROTA. ‘Rota 66: A História da Polícia que Mata’ parte das origens da criação de um sistema mortal de extermínio, demonstra seus métodos e desvenda sua consciência.”

Melhores livros de Nicholas Sparks

Nicarágua: a Revolução das Crianças (Foto: Divulgação)

Nicarágua: a Revolução das Crianças

Primeira publicação de Caco Barcellos, lançado em  1982, trata sobre a experiência que teve com a revolução sandinista, revolução que mudou o destino da Nicarágua e de diversos países da America Central e de todo o continente americano.

Sinopse: “Esta narrativa conta a história de Zapote e sua gente. Zapote, o comandante de uma trincheira nas ruas de Masaya, que tinha de obedecer à mãe e voltar para casa “cedo”, e que estava apaixonado pela professora, porque Zapote – nos dias de julho de 1979- contava 12 anos. Podia-se encontrar entre seus comandados soldados de até 9 anos.

“A revolução das crianças” – como a chamou o autor- passará à história; e dela será testemunho único esta reportagem épica.”

Veja 10 dicas de livros para jovens

Outros artigos

Melhores Festivais de Inverno no Brasil

17/07/2011

Melhores Festivais de Inverno no Brasil

No inverno, há vários festivais pelo Brasil. Eles oferecem exposições de arte, feiras de artesanato e muita comida e bebida gostosa, típicas da estação mais fria do ...

Decoração barata de Natal para casa: dicas

31/10/2012

Decoração barata de Natal para casa: dicas

O Natal já está bem próximo e, por isso, as pessoas começam a se movimentar em função de sua comemoração. As preocupações com o esta data são inúmeras. O mês de deze...

IPVA SC 2012 – Santa Catarina

13/12/2011

IPVA SC 2012 – Santa Catarina

Todos os anos os veículos devem renovar a licença para circulação com o pagamento do IPVA, seguido do seguro obrigatório (DPVAT) e da taxa de licenciamento, mas ...