Cuidado com os Pés de Diabéticos

A diabetes é uma doença que mal tratada pode até matar. A má circulação causada pelo excesso de açúcar nos vasos sanguíneos dificulta muitas…

Por Redacao em 30/06/2011

A diabetes é uma doença que mal tratada pode até matar. A má circulação causada pelo excesso de açúcar nos vasos sanguíneos dificulta muitas vezes a chegada do sangue até os pés, tornando possível o aparecimento de feridas que não cicatrizam. Para reduzir as lesões em vasos e nervos é preciso um controle adequado do sangue. Caso estas lesões já existam a solução é controlar a glicemia impedindo a amputação. Sendo assim, o descuido com os pés de quem é diabético pode gerar até a amputação do mesmo, por isso vários cuidados podem e devem ser tomados. Conheça alguns deles a seguir.

O cigarro reduz a qualidade de circulação dos pés, agrava problemas vasculares e cardíacos. Então, quem quer evitar maiores complicações deve deixar de fumar ou quem já não fuma, deve continuar se mantendo longo do cigarro.

Procure lesões analisando os pés todos os dias, inclusive e principalmente entre os dedos. Tome cuidado ao cortar as unhas e prefira cortar de forma reta para que não forme cantos impedindo, assim, o aparecimento de unha encravada. Opte por não andar descalço, mantenha os pés limpos e secos, passe loção hidratante para que a pele não fique seca ou com rachaduras, não use talcos porque ressecam a pele, não estoure bolhas e não tire cutículas.

Prefira meias de algodão. Troque de sapato todos os dias, mas sempre priorizando o conforto. Ao calçá-lo sempre passe a mão limpa por dentro para ver se não tem nenhum objeto. Se o sapato está apertado, principalmente porque é novo, use-o aos poucos. Ao comprar o calçado, vá a loja na parte da tarde, quando os pés ficam mais inchados, para não correr riscos de comprar sapatos apertados. Sandálias com tiras entre os dedos devem ser descartadas.

Quando viajar evite ficar sentado por muito tempo.

Ao sentar não cruze as penas, pois dificulta a circulação, ao invés disso.

Procure esticar seus pés num banquinho elevando-os.

Se possuir calos não use calicidas, nem lixa e nem lima. Prefira pedra pomes.

Saco de água quente, cobertor elétrico ou botija nunca devem ser usados para aquecer os pés.

Cuidado com excesso de calor, seja no asfalto, areia da praia ou até mesmo no chuveiro, teste a água com o cotovelo para medir a temperatura.

Se acontecer de aparecer um ferimento não espere para procurar um especialista, lave com sabão neutro e água limpa, não use band-aid, nem iodo ou corantes, cubra com gaze estéril enfaixando, mas não aperte e vá procurar o médico. Não tome remédios sem consulta.

Procure um médico pelo menos uma vez ao ano, ou mais se necessário, pois você e seu médico, juntos, podem estudar uma forma de manter seus pés sempre saudáveis.

Ter hábitos saudáveis, alimentar-se bem, não fumar, tomar os devidos cuidados e procurar um médico toda vez que algo estranho aparecer ou acontecer com seus pés evitará maiores transtornos futuros.

    Prevenir é sempre melhor do que remediar, e, neste caso, talvez remediar seja tarde demais.

    Top