Conversão de moeda: saiba como calcular os valores

Paulo Lima 20/11/2012 Economia

Antes de viajar para o exterior, é preciso ficar muito atento à conversão de moeda. O problema é que algumas pessoas se esquecem deste detalhe, importante não apenas para a contratação do pacote, mas para que você possa programar suas despesas durante o passeio.

Lembrar de fazer a conversão é importante não apenas para a compra do pacote, mas também para que você possa programar a sua viagem. (Foto: Divulgação).

Muitos consumidores olham apenas para as condições do plano, como destino, local de hospedagem, atividades inclusas etc. Eles não veem que o valor do pacote está em euro ou em dólar, o que faz o plano parecer muito mais acessível.

Entretanto, você deve ter em mente que, numa viagem internacional, todos os gastos são cotados na moeda local. E, no caso dos planos tradicionais, que têm como destino Estados Unidos e Europa, as moedas vigentes são o dólar e o euro, respectivamente.

Conheça as casas de câmbio em SP – troca de moedas estrangeiras.

Como fazer a conversão

Para fazer a conversão, basta multiplicar o valor anunciado pela cotação da moeda no dia. (Foto: Divulgação).

O processo de conversão de uma moeda estrangeira para o Real é extremamente simples. Basta multiplicar o valor exibido no anúncio pela cotação do dia. Por exemplo, um pacote de US$1.450,00, na realidade, vai custar ao seu bolso R$3.016,00. Para obter este valor, é só multiplicar os 1.450 por 2,08, que é a cotação do dólar no dia 19 de novembro de 2012.

Por conta disso, você deve ficar atento aos anúncios, principalmente envolvendo parcelamentos, já que eles podem iludir. E não se esqueça de que o valor do pacote precisa ser multiplicado pela cotação da moeda válida no dia da compra.

O mesmo cuidado precisa ser tomado na hora de ir às compras no país de destino. Como você vai utilizar a moeda local (em papel, traveller heck, cartão pré-pago ou cartão de crédito) para adquirir o que deseja, alguns produtos podem parecer mais baratos se você não fizer a conversão. O ideal é monitorar os seus gastos a cada nova aquisição, para não deixar as despesas fugirem do controle.

Saiba como comprar dólares.

A conversão também deve ser feita toda vez em que for comprar algum produto, para que você possa controlar melhor os seus gastos. (Foto: Divulgação).

Lembre-se de que os centavos também devem ser convertidos. Muita gente costuma arredondar os preços pra menos, o que acaba trazendo um efeito ainda maior para o bolso. Mesmo que a diferença entre o valor real e o preço arredondado seja pouca, após vários dias de compras, ela pode representar um valor bastante significativo.

Como você pode perceber, a conversão de moeda é um processo simples, mas que, mesmo assim, exige cuidado. A dificuldade está em se acostumar a olhar para um produto ou serviço e saber que, na realidade, ele representa um peso maior para o seu bolso. Entretanto, depois que você tiver incorporado esse hábito, aí é só colocar essas dicas em prática e aproveitar a viagem.

Outros artigos

Portal da Prefeitura de São Paulo

05/02/2010

Portal da Prefeitura de São Paulo

Imagine você dentro de sua casa tendo que sair, pegando talvez uma chuva, ou friozinho ou mesmo aquele trânsito imenso em São Paulo. Realmente não é fácil, e fic...

Comprar Câmeras Digitais Baratas

14/02/2011

Comprar Câmeras Digitais Baratas

Tudo está com ótimas ofertas e preços imperdíveis, podendo chegar até 50% aquilo que estava pela hora da morte. E a boa notícia é que assim como roupas, sapatos ...