Como economizar com o uniforme escolar

Como economizar com o uniforme escolar? O começo do ano traz gastos recorrentes, como por exemplo, o valor empregado na compra de material escolar.…

Como economizar com o uniforme escolar? O começo do ano traz gastos recorrentes, como por exemplo, o valor empregado na compra de material escolar. Além de cadernos, lápis, borracha, canetas e livros, os estudantes precisam de uniformes. Para os pais que conseguem poupar durante o ano todo pensando que terão que comprar todos esses itens no ano que se aproxima, ótimo. Já para quem não consegue reservar dinheiro para isso, o jeito é seguir algumas dicas para tentar economizar.

Como economizar com o uniforme escolar (Foto: Exame/Abril)

Como economizar com o uniforme escolar (Foto: Exame/Abril)

Como economizar com o uniforme escolar

Uma das principais dicas de como economizar com o uniforme escolar é algo simples e não muito demorado. O principal objetivo de economizar nas contas no começo do ano é justamente a poupar em meio a tantas contas e nem sempre comprar algo novo é realmente necessário, ainda que a criança queira ou os próprios pais. A verdade é que é preciso uma boa avaliação para não desperdiçar, neste momento, um dinheiro que pode ajudar.

Leia mais informações sobre: Dicas de Como Economizar na Compra Material Escolar

1 – Analise o guarda-roupas do aluno

Antes de comprar por impulso vá até o guarda-roupas do estudante e avalie as condições das peças que lá estão. Veja quais itens estão mais gastos, e quais podem ser reaproveitados, dessa forma  só compre aquilo que realmente é necessário. Repare que algumas vestes podem ser reformadas e remodeladas, então não jogue fora uma camiseta devido um furo, ou uma calça por uma barra rasgada. Com uma agulha e linha muitas roupas podem ser reaproveitadas.

Avalie se a necessidade de comprar novas peças (Foto: Exame/Abril)

Avalie se a necessidade de comprar novas peças (Foto: Exame/Abril)

2 – Troque peças com outras crianças

Seu filho cresceu e o uniforme não serve mais? Então antes de dispensar a roupa, converse com mães que talvez passem pelo mesmo problema, e faça trocas. Com isso  fará uma economia, além de ajudar outras crianças a terem uniformes novos para irem à escola.

Leia Também:  Como financiar a criação de uma startup

3 – Compre somente o necessário

Algumas escolas exigem apenas a camiseta do uniforme (Foto: Exame/Abril)

Algumas escolas exigem apenas a camiseta do uniforme (Foto: Exame/Abril)

Quando está próximo de uma mudança de estação algumas lojas de roupas costumam fazer promoções para que o seu estoque seja zerado, abrindo espaço para novas peças. Mas, isso não acontece com uniformes escolares, já que os modelos geralmente não mudam. Por isso, não adianta comprar roupas de inverno no verão, ou o inverso. Faça as compras de acordo com a necessidade do seu filho. Também é preciso comprar uma peça de cada, porque além de ter que lavar quase todo dia o uniforme, para o seu filho ter o que vestir, irá durar menos, por ser utilizada com muita frequência. Compre pelo menos duas peças de cada, para revezar.

4 – Pesquise os locais de compra

A pesquisa é sempre bem-vinda, ainda nessas situações escolares. Geralmente o uniforme é vendido em pelo menos dois lugares e isso é a regra básica da concorrência, o que as vezes não funciona bem e apenas um local vende. Se tiver a chance, pesquise as informações dos locais onde você pode comprar o uniforme e o compare os valores para tomar uma decisão consciente e realmente entendo a necessidade de comprar as peças.

Leia mais informações sobre: Uniformes escolares: dicas para limpar e conservar

5 – Pague a vista ou parcele

Pesquise os valores antes de fechar negócio (Foto: Exame/Abril)

Pesquise os valores antes de fechar negócio (Foto: Exame/Abril)

Pagar a vista sempre é um bom negócio e você pode até pedir um desconto, o que pode ou não rolar. A ideia é que quem paga a vista ganha lá uns 10 ou 15 reais de desconto e se isso vier, vale a pena ainda sim. Agora, se o valor for alto demais, parcele para não desequilibrar as contas, mas não exagere e não ultrapasse 4 parcelas, pois aí pode ser loucura esticar tanto assim um pagamento.

Leia Também:  Material escolar 2012, Dicas para economizar

Seguindo essas cincosdicas certamente conseguirá economizar na compra de uniformes. E para não correr o risco de comprar tudo novamente, coloque o nome das criança nas peças, para que em caso de perda a localização seja facilitada.

Top