Conjuntivite Sintomas Iniciais

É muito comum nesta época de estiagem de temperatura, ocorrer diversas epidemias de doenças causadas por vírus e bactérias, algumas delas são transmissíveis, ou…

É muito comum nesta época de estiagem de temperatura, ocorrer diversas epidemias de doenças causadas por vírus e bactérias, algumas delas são transmissíveis, ou seja contagiosa, outras não, simplesmente escolhem suas vitimas e pronto, porem daquelas que são contagiosas, uma das mais conhecidas é a conjuntivite, que costuma afetar bastante milhares de pessoas, principalmente nesta época do ano, o pior é que não escolhe sexo e nem idade, afeta homens, mulheres, crianças sem distinção de idade, desde um bebê, até mesmo 14 anos, idosos também não escapam desta doença.

A conjuntivite pode ser causada por bactérias, vírus ou fungos e alérgica, sendo que a contagiosa é aquela causada por vírus e fungos, e o maior meio de contagio e através de contato direto com as pessoas que estão infectadas com a doença, alem de ambientes fechados ajudarem na propagação da doença, e a divisão do uso de objetos pessoais, também pode contribuir para a contaminação, até mesmo a água da piscina utilizada por pessoa contaminada pode contaminar as pessoas que utilizarem esta mesma água. A conjuntivite alérgica pode ser desencadeada por processos de rinite alérgica ou bronquite, o que propicia ainda mais esta época, a conjuntivite.

Os sintomas iniciais da conjuntivite é a ardência nos olhos, e a impressão de ter um punhado de areia dentro deles aranhando conforme piscamos. Depois disso vem a vermelhidão nos olhos, a dificuldade em abri-los na claridade tanto natural como artificial, o inchaço, pode vir acompanhados de dor de cabeça, lacrimejamento espontâneo, a saída de uma secreção esverdeada que é a inflamação, a dificuldade de abri-los após a noite de sono.

A conjuntivite pode até ser de fácil trato, porem é preciso o diagnostico cedo, e o inicio do tratamento logo no inicio.

Continuar Lendo  Ministério Saúde plano contra drogas - Crack

Existem alguns cuidados que devem ser tomados por todos nós na época de epidemia de conjuntivite, como por exemplo: não dividir maquiagens de olhos como lápis, mascaras para os cílios ou cílios postiços. Ao nadar em piscinas coletivas usar sempre óculos para mergulho. Evite mergulhar em locais que a água não possua um tratamento adequado. Não use medicamentos sem prescrição medica, o uso de colírios e pomadas incorretamente podem agravar a conjuntivite, elevando seu nível de gravidade. Procure ficar com pessoas em ambientes arejados e que contenham ventilação, pessoas aglomeradas em ambientes fechados, podem transmitir o vírus mais rapidamente. Lave as mãos com mais freqüência, principalmente se estiver em ambientes públicos com numero elevado de pessoas. Evite a exposição a produtos tóxicos, sem as devidas prevenções, pois uma simples irritação nos olhos pode desencadear em conjuntivite. Caso seus olhos estejam coçando, evite coçá-los pois poderá contaminar alguém, mesmo sem perceber, caso isto ocorra prefira lavá-los sempre que possível. Não compartilhe toalhas de rosto, se possível use toalhas de papel, que são descartáveis. Na inflamação de uma conjuntivite, evite o uso de lentes de contato para não prejudicar ainda mais seus olhos que ficarão sensíveis.

A conjuntivite dura em torno de 15 dias, no máximo e se bem cuidada pode durar apenas 1 semana.

Os sintomas da conjuntivite podem ser amenizados com algumas dicas, são elas: lavar os olhos com soro fisiológico varias vezes ao dia, realizar compressas com água gelada quantas vezes achar necessário durante o dia, consulte um medico especialista se achar necessário, evite contato com outras pessoas.

E não se preocupe, se tratada a conjuntivite não passa de uma simples doença comum, por isso não deixe de fazer o que é necessário para não agravar esta doença.

Continuar Lendo  Mamão e Aveia: Combinação Saudável

Top